“Antes a morte que tal sorte”, dizem os Gambuzinos com 1 Pé de Fora

Os Gambuzinos com 1 Pé de Fora vão levar ao palco do Cine-teatro de Alcobaça “Antes a morte que tal sorte”. A estreia da peça acontecerá esta sexta-feira, às 21 horas, no âmbito da programação da 5.ª edição do Books & Movies – Festival Literário e de Cinema de Alcobaça. A companhia de teatro beneditense preparou este trabalho a partir da obra “As intermitências da morte”, de José Saramago. 

Com autoria e encenação do diretor artístico do Chapitô (José Carlos Garcia), serão oito os elementos do grupo em palco “preparados para darem o seu melhor e promover uma noite de diversão aos seus espetadores”. 
Talvez por um acaso do destino, um dos atores, que é parte integrante do elenco, tem o mesmo nome que o Nobel da Literatura e confessa, entre risos, que se autointitula de “José Saramago (o por enquanto vivo)”. Segundo o coordenador do grupo, a decisão por esta obra passou por “um trabalho conjunto, de muita pesquisa e leitura de diversos livros, tendo as ‘Intermitências da Morte’ conseguido reunir o consenso de todos os Gambuzinos”.
A peça ainda está a ser montada, estando a aprimorar-se alguns detalhes finais, o que causa “algum stress ao grupo, já que toda a produção envolve muito trabalho”. Os ensaios arrancaram no início do mês passado e, desde então, “todas as noites, fins de semana e, no fundo, todos os tempos livres, são passados em conjunto para treinar tudo quanto seja possível”. 

Esta é a primeira vez que os Gambuzinos com 1 Pé de Fora são dirigidos pelo diretor do Chapitô, que anteriormente teria apenas trabalhado com eles durante um fim de semana. José Saramago (o por enquanto vivo) afiança, de forma divertida, que José Carlos Garcia é “muito exigente”, levando o grupo a tentar sempre “atingir a perfeição ou o mais próximo dela, o que acaba por motivar ainda mais, fazendo com o considere um dos melhores encenadores do mundo”.

“As Intermitências da Morte em especial, é um livro absolutamente incrível. José Saramago conseguiu criar todo um cenário rico em comédia mesmo com um tema tão pesado, como é o caso da perda de alguém”, nota o seu homónimo. Além da data de estreia, a peça vai passar ainda pelo Centro Cultural Gonçalves Sapinho, na Benedita, a partir de 16 de novembro, “ficando por lá durante uma temporada”.
O grupo de teatro estreou em 2016, também no âmbito do Books&Movies, “O Torcicologologista, Excelência — Diálogos, Cidade”, uma adaptação da obra homónima de Gonçalo M. Tavares, escritor que participou nessa edição do festival. Este ano, apresenta “As Intermitências da Morte” de José Saramago (o morto), com a presença de José Saramago (o, por enquanto, vivo).