Centro Qualifica de Cister quer formar jovens adultos

O Centro Qualifica de Cister foi formalmente inaugurado esta terça-feira e tem como objetivo formar jovens e adultos que não tenham obtido qualificação escolar ou profissional.

O projeto funciona no âmbito do Agrupamento de Escolas de Cister e aponta à formação escolar e qualificação profissional de pessoas que não tenham concluído o ensino secundário ou não tenham certificação profissional. Anabela Luís, coordenadora da iniciativa, adianta que as inscrições, "que vão aparecendo diariamente", já atingem as sete dezenas. A docente ambiciona, até ao mês de setembro do próximo ano, ter 500 formandos. O centro de qualificação abrange as populações de todo o concelho de Alcobaça e, ainda, das freguesias de Valado dos Frades (Nazaré) e Pedreiras (Porto de Mós).

O diretor do Agrupamento de Escolas de Cister garantiu, durante a inauguração do Centro Qualifica de Cister, que "não há melhor correlação do que a existe entre o desenvolvimento e qualidade de vida e a formação". Por isso, Gaspar Vaz mostrou-se "muito satisfeito" com a concretização de um projeto que segue o caminho do antigo Centro de Novas Oportunidades.

Por sua vez, Odete João, em representação do Programa Nacional de Promoção do Sucesso Escolar, destacou a "importância" da qualificação para o "desenvolvimento e coesão" da comunidade.