Códice do Mosteiro de Alcobaça candidato a registo da Unesco

O Códice Calixtino de Alcobaça é um dos candidatos ao Registo de Memória do Mundo, pela Unesco.

O documento histórico, datado de 1175, é proveniente da biblioteca do monumento património da Humanidade e atualmente faz parte do acervo da Biblioteca Nacional de Portugal (BNP).

A BNP revelou, esta sexta-feira, que "foi aprovada pela UNESCO a candidatura ao Registo da Memória do Mundo intitulada 'O Codex Calixtinus da Catedral de Santiago de Compostela e outras cópias medievais do Liber Sancti Iacobi: As origens ibéricas da tradição Jacobeia na Europa'". Segundo a biblioteca nacional, "os textos relacionam-se com o Apóstolo Santiago e a peregrinação ao seu túmulo, em Compostela, em cuja catedral se encontra o mais antigo desses documentos, datado entre 1140 e 1170".

Já em 2015, outro documento proveniente do Mosteiro de Alcobaça tinha sido inscrito neste registo da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura.