Mais de duas centenas de bombeiros combatem fogos em Pataias

Mais de duas centenas de bombeiros combatem, na tarde deste domingo, dois incêndios na União de Freguesias de Pataias e Martingança. A situação complicou-se desde as primeiras horas da tarde.

As chamas deflagraram, em Praia da Légua, por volta das 14 horas e, no local, estão 123 bombeiros apoiados 37 viaturas e um meio áereo para combater o incêndio. Pouco depois, um outro incêndio começou a lavrar em Burinhosa e está a ser combatido por 115 operacionais e 35 viaturas. As chamas estiveram perto de pelo menos uma habitação mas o facto de os bombeiros terem estado com duas viaturas em trabalhos de prevenção e a mudança de direção do vento evitaram o pior.

O Parque de Campismo de Paredes da Vitória foi evacuado por prevenção, dada a proximidade com as chamas e a intensa nuvem de fumo que se observa a quilómetros de distância. Entretanto, a GNR cortou a Estrada Atlântica em vários pontos do concelho e a Estrada Nacional 242, entre Nazaré e Pataias, e evacoou várias praias do norte do concelho de Alcobaça enquanto o incêndio se propaga para Norte, em direção ao Pinhal de Leiria e a São Pedro de Moel, já no concelho de Marinha Grande.

Valter Ribeiro, presidente da União de Freguesias de Pataias e Martingança, descreve uma "situação caótica" junto às várias frentes de fogo, que se estendem por vários quilómetros.

As altas temperaturas e os ventos fortes estão a dificultar o combate aos fogos, que estão a dar trabalho às corporações de Pataias, Alcobaça, Nazaré, São Martinho do Porto, Maceira, Marinha Grande e Vieira de Leiria.

O distrito de Leiria está sob aviso vermelho e, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil, este domingo já é considerado o "pior dia de incêndios do ano", com mais de 300 ocorrências registadas em todo o País.