PJ desmantela grupo de assaltantes de multibancos

A Polícia Judiciária desmantelou, esta semana, um grupo de três assaltantes de multibancos, um dos quais residente em Alcobaça. Os suspeitos, dois portugueses e um cidadão estrangeiro com idades compreendidas entre os 27 e os 30 anos, foram detidos em Torres Novas. 

Os suspeitos foram detidos em flagrante delito com cerca de 400 mil euros em dinheiro após terem explodido uma caixa multibanco na zona de Torres Novas. Os detidos foram ouvidos, anteontem, em Tribunal e ficaram em prisão preventiva a aguardar julgamento.

Em conferência de imprensa, a PJ referiu que o grupo era formado por “gente perigosa” com antecedentes criminais e acesso a armas com calibre de guerra. 

Os suspeitos recorriam a gás para fazer explodir as caixas multibanco. Segundo o Correio da Manhã, o grupo “lavava” o dinheiro roubado nos ATM com a aquisição de veículos de luxo na Alemanha.

A PJ já seguia os passos do trio há várias semanas e acabou por conseguir desmantelar a rede, numa operação que contou com o apoio de militares do Grupo de Intervenção e Operações Especiais da GNR.