PSD recupera maioria absoluta em Alcobaça

O social-democrata Paulo Inácio vai cumprir um derradeiro mandato à frente da Câmara de Alcobaça, depois de recuperar a maioria absoluta nas eleições autárquicas deste domingo, somando 43,98% dos votos no concelho.

O candidato do PSD reuniu a preferência de 11.956 eleitores, registando uma subida muito significativa na votação. Há quatro anos, o autarca tinha-se ficado pelos 9.564 votos, o que lhe valeu a perda da maioria absoluta que agora recupera. 

O PS também subiu a votação, tendo chegado aos 21,58%, com 5.866 votos, mais 619 votos do que nas últimas eleições autárquicas, mantendo os dois vereadores no executivo, elegendo Cláudia Vicente e César Santos.

O CDS-PP, por seu turno, que recandidatou Carlos Bonifácio, não foi além dos 15,25%, com 4.145 votos, menos 504 votos do que em 2013.

Vinte anos depois, a CDU deixou de ter representação no executivo, com Rogério Raimundo ao não ir além dos 7,64%, resultantes de 2.076 votos, menos 1.100 do que nas autárquicas de 2013.

O BE melhorou o resultado em Alcobaça, subindo de 566 para 805 votos, mas com 2,96% ficou muito longe da eleição, enquanto o PDR somou 216 votos no concelho, ou seja, 0,79%.

Para a Assembleia Municipal, o PSD venceu com 40,49% dos votos, à frente de PS, com 22,9%, CDS-PP, com 15,33%, CDU, com 8,21%, BE, com 3,54%, e PDR, com 0,94%. Os social-democratas estão em minoria no órgão.