Resultados dos exames inferiores à média nacional

Os resultados das duas fases dos exames finais nacionais de Português e Matemática, realizados pelos alunos do 12.º ano dos estabelecimentos de ensino dos concelhos de Alcobaça e Nazaré, foram inferiores à média nacional. 

As excepções foram o Agrupamento de Escolas de Cister e o Agrupamento de Escolas de São Martinho do Porto, que obtiveram resultados superiores à média nacional na 2.ª fase do exame de Português (10,2 e 10,4 valores, contra a média nacional de 9,8 valores). 
Os estabelecimentos de ensino que registaram os melhores resultados a Português foram o Agrupamento de Escolas de Cister, na primeira fase (12,2 valores e, na segunda fase, o Agrupamento de Escolas de São Martinho do Porto, com uma média de 10,4 valores. Curiosamente, o mesmo agrupamento apresentou os piores resultados na primeira fase, com uma média de 11,5 valores. Na segunda fase foi o Externato Cooperativo da Benedita que apresentou a pior média a Português com 8,7 valores.  
A Matemática todas as escolas obtiveram resultados inferiores à média nacional (9,2 na 1.ª fase e 9 na 2.ª fase), sendo que o Externato Cooperativo da Benedita liderou a tabela das piores médias, com os valores de 6,5 e 6,6, na primeira e segunda fase, respetivamente.
 O Agrupamento de São Martinho do Porto foi o estabelecimento de ensino que obteve uma melhor média, em ambas as fases (9 e 8,8 valores, respetivamente), sendo que na primeira fase também o Agrupamento de Cister registou uma média de 9 valores.
“Em relação ao ano passado, verificámos progressões muito significativas. Temos alguns problemas para enfrentar com estratégias de melhoria que irão, por certo, confirmar novas melhorias, no próximo ano”, pode ler-se num comunicado de Gaspar Vaz, diretor do Agrupamento de Escolas de Cister.

Agrupamento de Cister e São Martinho no pódio