Setor das pescas sem isco para atrair jovens e melhorar organização

A falta de jovens e de uma melhor organização dos profissionais da pesca foram “vendidos”, na Lota do Porto de Abrigo da Nazaré, no passado sábado, como os principais entraves no setor. Ainda assim, Manuel Pinto de Abreu, secretário de Estado do Mar, que encerrou a conferência Made in Cister: Pescas, deixou uma visão mais otimista sobre a economia azul, confiante de que o setor passe a “pescar” outras visões de futuro.

Ler mais…