Gula
Espumante do Oeste, uma proposta para brindar ao Novo Ano

Já que a passagem de ano será necessariamente “cá dentro” e em contexto doméstico, brindemos ao novo ano com um surpreendente produto local: o Espumante de sidra do Oeste

28 Dezembro, 2020

Espumante do Oeste, uma proposta para brindar ao Novo Ano

Nunca ansiámos tanto por virar a página e receber um novo ano, mais próspero que este. E já que 2020 tem sido diferente em tantas frentes, por que não despedirmo-nos dele com um espumante “dos nossos”?

 

A proposta é da Sidrada, a Sidra do Oeste, que em 2018 lançou os espumantes, elaborados com 100% sumo de maçã fermentado e enriquecidos com a bolha perfeita decorrente da segunda fermentação em garrafa. 

Para cumprir o Método Clássico feito artesanalmente e obter a “bolha perfeita”, a equipa da Sidrada contou inicialmente com a orientação de enólogos da região vitivinícola de Lisboa, especialistas em espumantes. 

Cada garrafa (75cl) contém o equivalente sumo de 11 maçãs, das variedades Granny-Smith, Royal Gala e Reineta. Esta mistura de 3 maçãs do Oeste é o segredo da explosão de sabores que o espumante promete para além do estágio em garrafa de cerca de 12 meses. 

 

Quanto ao grau de doçura, os espumantes disponíveis são Brutos ou Meio-Secos. 

 

Um aroma requintado, que junta o terroir Atlântico e “Oestino”, perfeito para equilibrar os sabores da mesa do jantar de fim de ano, pois acompanha na perfeição aperitivos, sobremesas, peixes, leitão e mariscos. 

Pode ser adquirido à garrafa, ou em packs, na loja online, e nas seguintes lojas: Mercearia Pena e Mercearia Beija-Flor, nas Caldas da Rainha, loja Vargem, no restaurante Cavalariça (Lisboa e Comporta) e no Semea by Euskaldunastudio (Porto).

 

Saúde!

 

 

Sidrada
Rua Maria Gonçalves Barreiras, nº3
2540-119 Bombarral
€13.00

Veja também

05 Maio, 2021
  Antes de começarmos esta caminhada, é importante terem contexto: faço de Leiria casa há 10 meses, quase 10 anos depois de me ter licenciado por cá. Sempre disse que era um lugar bonito...
15 Abril, 2021
Dizem os estudiosos da História que foi uma rainha portuguesa, a D. Catarina de Bragança, que no século XVI, levou o hábito de tomar "o chá das cinco" para Inglaterra. O hábito foi de tal forma...
01 Abril, 2021
Convento de Cristo (Tomar) Os museus e monumentos vão finalmente reabrir, após quase três meses confinados: uma lufada de ar fresco e um excelente motivo para explorarmos as atrações culturais...