Gula
Vinhos com sabor a história

E que tal passar uma tarde ou uma noite a provar e degustar alguns dos melhores vinhos nacionais numa “casa” recheada de histórias e heranças vinícolas? Na Quinta do Sanguinhal pode e deve fazê-lo.

21 Junho, 2019

Vinhos com sabor a história

Moscatel Graúdo, Sauvignon Blanc, Vital, Verdelho, Castelão, Touriga Nacional, Syrah, Aragonez, Merlot, Arinto, Fernão Pires e Cabernet Sauvignon são algumas das castas das vinhas que a Companhia Agrícola do Sanguinhal - a mais antiga do distrito de Leiria a produzir e engarrafar vinhos – utiliza para produzir os seus vinhos históricos.

São três as quintas que a companhia explora desde o século XX e que dão nome aos vinhos mais prestigiados da empresa: a Quinta do Sanguinhal, a Quinta das Cerejeiras e a Quinta de São Francisco. Na do Sanguinhal pode disfrutar de um programa de enoturismo único, com uma visita aos jardins e às vinhas, à antiga destilaria, a um lagar com prensas datadas de 1871, a uma cave de envelhecimento com 36 tonéis e o melhor de tudo… provar sete dos vinhos da empresa. E como qualquer bom vinho precisa de um bom acompanhamento, tem também direito a uma refeição de “comer e chorar por mais”.

A Bússola já esteve numa prova de vinhos vertical da gama “Quinta do Sanguinhal“ reservas e grandes reservas, produzidas ao longo das últimas cinco décadas com castas Castelão, Touriga Nacional e Aragonez e garantimos que tanto os vinhos, como a comida fazem querer voltar.

A herança

Esta é uma herança deixada por Abel Pereira da Fonseca e que os seus descendentes, já na 4.ª geração, não deixaram cair. Espelho disso são os vários prémios recebidos pelos vinhos da companhia. O fundador detinha uma das maiores redes de estabelecimentos de venda ao público do país, “Val do Rio”, que chegou a ter cerca de 100 lojas em Lisboa.

Reza a lenda que, em tempos, Fernando Pessoa ia muito frequentemente até ao depósito mais próximo da casa de Abel Pereira da Fonseca para… tomar um copo de vinho. Como homenagem, a empresa criou o vinho Casabel.

Também no Norte do País podemos ver “vestígios” da história destes vinhos. No Mercado do Bolhão, no Porto, perduram dois painéis em azulejos a anunciar os vinhos de Abel Pereira da Fonseca.

Veja também

05 Maio, 2021
  Antes de começarmos esta caminhada, é importante terem contexto: faço de Leiria casa há 10 meses, quase 10 anos depois de me ter licenciado por cá. Sempre disse que era um lugar bonito...
15 Abril, 2021
Dizem os estudiosos da História que foi uma rainha portuguesa, a D. Catarina de Bragança, que no século XVI, levou o hábito de tomar "o chá das cinco" para Inglaterra. O hábito foi de tal forma...
01 Abril, 2021
Convento de Cristo (Tomar) Os museus e monumentos vão finalmente reabrir, após quase três meses confinados: uma lufada de ar fresco e um excelente motivo para explorarmos as atrações culturais...