Benedita ganha incubadora de empresas

A Associação de Desenvolvimento Empresarial da Benedita (ADEB) vai inaugurar o projeto “Startup Benedita”, um centro de desenvolvimento empresarial da Benedita, no próximo dia 4 de junho, pelas 16 horas, na antiga escola primária de Freires. 

Esta incubadora de empresas tem como objetivo “ajudar as pequenas empresas da Benedita a crescer e a garantir que a ADEB é autossustentável”, explicou o presidente da associação, Bruno Letra.

Um contabilista, uma advogada e um designer vão estar permanentemente disponíveis para auxiliar no processo de crescimento das empresas. 

Além disso, o serviço vai permitir a incubação virtual de um número ilimitado de empresas e a incubação física de cerca de duas dezenas de marcas.

Após as devidas obras na antiga escola primária de Freires, para que seja possível albergar as novas empresas, o espaço também servirá de nova sede da ADEB.

Entretanto, sabe-se que a Junta da Benedita abriu uma hasta pública para a venda da  antiga pré-escola de Freires.

De acordo com João Luís, “o assunto deverá ficar resolvido dentro de 30 dias, no máximo”.  Até agora, apenas a empresa Solancis se tem mostrado interessada em adquirir o espaço, “devido à sua dinâmica próxima do local”, acrescentou o presidente da Junta, à margem da sessão solene do 32.º aniversário da vila, que decorreu na passada segunda-feira.