Ceeria prepara reabilitação de Centro de Atividades Ocupacionais

O Centro de Educação Especial, Reabilitação e Integração de Alcobaça (Ceeria) está a preparar remodelações no Centro de Atividades Ocupacionais (CAO) e num apartamento destinado à residência de utentes. O concurso público para a reabilitação e adaptação de instalações do CAO e Lar Residencial está avaliado em mais de 1 milhão de euros.

De acordo com o presidente da Direção do Ceeria, a empreitada consiste na criação de sete salas de atividades no CAO e na requalificação de um imóvel T3, sediado na Quinta do Cidral, destinado a acolher 16 utentes. “O imóvel apresenta más condições, nomeadamente no que refere às condições de isolamento”, revela José Belo. 

A empreitada está avaliada em cerca de 1,3 milhões de euros, sendo parcialmente financiada por fundos comunitários, na sua totalidade dirigidos para a reabilitação do CAO. “Infelizmente a residência não será requalificada com o apoio de fundos, mas não podemos desistir por este fator. É urgente melhorar as condições daquele espaço e por isso vamos avançar com as duas empreitadas em simultâneo”, sublinha o dirigente. 

A obra tem de avançar até abril e José Belo afirma estar confiante de que “até a data será encontrada uma empresa de construção para a empreitada”.

“Estamos a falar de uma obra de máxima necessidade para o Ceeria, que sempre sonhou ter condições dignas para receber utentes e disponibilizar aos seus funcionários”, declara. “São recursos muito necessários para que o desempenho de funções seja mais eficaz e para garantir alguma comodidade a quem todos os dias trabalha, com a máxima dedicação, no sentido do crescimento do Ceeria”, acrescenta José Belo.