Externato D. Fuas Roupinho perde financiamento para 7.º ano

O Externato D. Fuas Roupinho, na Nazaré, perdeu o financiamento do Governo para a abertura de novas turmas de início do 3.º ciclo, no próximo ano letivo.

De acordo com um aviso de abertura de concurso para extensão dos contratos de associação em vigor, publicado esta sexta-feira, o estabelecimento de ensino vê apenas aprovado o financiamento de três turmas do ensino secundário (10.º ano), excluindo a abertura de turmas do 7.º ano.

Tendo em conta os 79 colégios com contrato de associação, que recebem 80.500 euros por cada turma, 21 colégios abrirão a totalidade dos inícios de ciclo financiados que já tinham, 19 colégios diminuem o número de turmas e 39 colégios não terão inícios de ciclo financiados pelo Estado. Os contratos de extensão para um novo ciclo de ensino terão a validade de três anos letivos.

Todas as escolas ou colégios com estes contratos manterão contrato de associação de continuidade, ou seja, os alunos que já iniciaram o ciclo poderão terminá-lo. Mas não serão abertas novas turmas.