João Mateus Luís avança como independente para a Junta da Benedita

João Mateus Luís recusou o convite do PS para se recandidatar à Junta da Benedita pelos socialistas e decidiu avançar com uma lista “totalmente independente” nas eleições autárquicas do próximo dia 1 de outubro.

O autarca considera que a lista independente é a “melhor opção”, mas prefere não avançar, para já, os motivos que levaram à decisão. Em declarações ao REGIÃO DE CISTER, João Mateus Luís é claro em relação ao objetivo da candidatura independente: “quando se concorre a quaisquer eleições é para tentar ganhar e esse é o meu objetivo”.

Em 2013, o agora independente  encabeçou a lista que recuperou a Junta da Benedita para o PS depois de 20 anos de liderança social-democrata. Os socialistas obtiveram 1.331 votos (30,2%), superando os 1.050 votos do PSD e os 1.029 do CDS, numa eleição altamente disputada. Curiosamente o último “socialista” a dirigir a Junta da Benedita tinha sido precisamente João Mateus Luís, no mandato entre 1993 e 1997. 

Até à data, estão já confirmadas para a Junta da Benedita as candidaturas de Maria Lurdes Pedro (PSD) e Vítor Couto (CDS-PP).