REGIÃO DE CISTER apanha "boleia" da Epadrc

O REGIÃO DE CISTER anda "À boleia com a Epadrc", numa visita enoturística de dois dias, com três dezenas de alunos dos cursos técnicos de Restauração/Restaurante Bar e Cozinha e Pastelaria. E é com vista para a Barragem da Aguieira, na piscina do Montebelo Aguieira – Lake Resort & Spa, que se confirma o motivo da ansiedade dos alunos por chegar ao aldeamento turístico de cinco estrelas.

Alguns dos estudantes, que já são hóspedes repetentes (no ano passado já tinham "apanhado" a mesma boleia da escola profissional), encaminham os "caloiros" para os apartamentos, onde vão pernoitar desta segunda-feira para terça-feira. É certo que o melhor fica para o fim. Mas, neste caso, vale a pena descrever o dia que começou cedo, em Alcobaça. 

Orientado pelos professores Rui Lopes, Carlos Silva e Rui Filipe, da Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Cister (Epadrc), a primeira paragem do autocarro da Câmara de Alcobaça foi nas Caves Messias, na Mealhada. Foi na companhia, fundada em 1926, por Messias Baptista, que os alunos tiveram a oportunidade de conhecer a história e os produtos da empresa, com direito a prova vínica de espumante.

Já em pleno coração do Dão, na Quinta de Cabriz, em Carregal do Sal, o grupo desperta para aromas e sabores da tradição gastronómica da região. Na sede do grupo Globalwines, alunos e professores conhecem, ainda, o restaurante com o mesmo nome, inserido numa quinta de enoturismo.

Perto da hora de jantar é tempo de trocar o bikini pelo avental e pôr mãos à obra. Cinco grupos, de seis alunos cada, vai preparar o jantar e colocar em prática o que aprendeu ao longo do ano letivo, que agora acaba... com outro sabor.