Agência Duarte na vanguarda de serviços fúnebres da região

O apelido da família dá nome à agência funerária mais antiga do concelho, que continua na vanguarda dos serviços fúnebres da região.
A história de António é também parte da história da Agência Duarte. “O meu pai, desde os 20 anos, que trabalha nesta área de negócio“, conta o filho Fernando Duarte, que hoje gere o negócio da agência funerária com a sua irmã. Em 1970, António Duarte decide abrir a sua própria empresa e, mais tarde, são os filhos que dão o seu cunho ao negócio. 
A empresa tem permanecido “em constante” atualização consoante a evolução dos tempos. “Os nossos funcionários realizam diversos cursos de formação para acompanhar as pessoas na pior altura da vida delas”, explica Fernando Duarte.
Para que os serviços fúnebres sejam realizados nas melhores condições, a funerária dispõe de câmaras de frio, “possibilitando o corpo de permanecer o velório enquando aguarda a hora do funeral ou a chegada de um familiar vindo do estrangeiro”, adianta Isabel Duarte, também administradora. A música também integra o leque de serviços das cerimónias fúnebres da Agência Duarte, bem como textos de evocação e poesias. 
Também as trasladações fazem parte do trabalho da  agência, que tem, inclusivamente, um protocolo com uma funerária francesa. “Há muitas pessoas de Alcobaça a residir no estrangeiro que preferem os nossos serviços“, nota o administrador da funerária.
 Além dos funerais, a agência assegura o tratamento da documentação necessária para os serviços religiosos e de coveiros, bem como de subsídios concedidos pela Segurança Social.
Considerando que “hoje em dia cada pessoa gasta aquilo que quer e pode num funeral”, a agência de Alcobaça dispõe de serviços fúnebre para todos os preços e necessidades.
Com um número médio de 280 funerais anuais e uma filial no concelho, na Benedita, a agência é considerada uma das maiores funerárias a nível distrital e nacional. 
Tendo renovado recentemente a sua imagem corporativa, o slogan bem poderia ser: aqui jaz a discrição, a dignidade, o humanismo e o profissionalismo. 

Preferência pelo serviço cresce
Agência regista aumento na procura de cremações

A opção pela cremação após a morte de um ente querido tem sido cada vez mais utilizada em Portugal e Alcobaça não é exceção.
Embora “nas grandes cidades as mentalidades estejam mais recetivas a este conceito”, a Agência Duarte registou, nos últimos meses, o maior número de solicitações de cremações. “O serviço de cremação é cada vez mais solicitado, por razões sociológicas, mas também económicas“, explica Fernando Duarte, um dos responsáveis pela agência.
O facto de a “lei portuguesa já permitir que as cinzas fiquem na posse de um familiar ou depositadas em qualquer local manifestado em vida pelo falecido” tem permitido a sensibilização para esta nova tendência.
Também os chamados planos de vida, que permitem planear o serviço fúnebre da pessoa em vida protegendo “os familiares de decisões tão delicadas em momentos difíceis”, têm contribuído para o aumento de cremações.

Empresa fundada há 50 anos em alcobaça oferece um leque diverso aos clientes
3 perguntas a... Isabel Duarte
“Uma agência não serve só para funerais”

O apoio das famílias é um pilar fundamental da agência funerária mais antiga do concelho de Alcobaça, que tem acompanhado as mudanças de mentalidades da sociedade.

REGIÃO DE CISTER (RC) > Que serviços não visíveis presta uma funerária? 
ISABEL DUARTE (ID) > Uma agência funerária não serve só para funerais, é necessário acompanhar a família, desde o primeiro contacto, ao funeral e no apoio psicológico e nas formalidades administrativas nos meses seguintes. Temo-nos especializado na conceção e coordenação de serviços fúnebres para todas as culturas sociais, crenças religiosas e possibilidades económicas. 

RC > Como é que a funerária acompanha o luto dos seus clientes?
ID > Cada pessoa faz o luto à sua maneira. Admiro muito as que lidam com a morte de uma forma natural. Mas, há casos em que o choque da perda é muito e a agência tem de ter o seu papel no acompanhamento da família. Também por isso os nossos funcionários têm feito formações em psicologia do luto.   

RC > A oferta de serviços da agência é reflexo de novas mentalidades?  
ID > Sim, a organização dos nossos serviços está atenta aos mais pequenos detalhes. Através dos serviços de tanotopraxia e tanoestética, por exemplo, é possível manter a aparência natural após a morte, permitindo inclusivamente um velório mais protegido em termos de saúde pública. 

BI

Designação: 
Agência Funerária Duarte, Lda
Fundação: 
1970
Número de Trabalhadores: 
7
Administração: 
Fernando Duarte e Isabel Duarte
Actividade: 
Serviços funerários
Facturação: 
Não divulgado
Principais serviços: 
Funerais, transladações e cremações
Sede: 
Largo dos Combatentes, 8-10 2460-016 Alcobaça
Telefone: 
262 598 227
Fax: 
262 581 918
280
Número médio de funerais anuais que a Agência Duarte realiza, em conjunto com a filial da Benedita