Estufa do Parque Verde de Alcobaça acolhe Centro de Educação Ambiental

Dois anos após a instalação da estufa principal do Parque Verde de Alcobaça, o espaço vai passar a estar aberto diariamente ao público enquanto Centro de Interpretação e Educação Ambiental. O projeto resulta do protocolo de colaboração entre a Câmara de Alcobaça e Universidade de Coimbra, que já conta com duas décadas.

 

O espaço está dotado de “todas as condições estruturais” para a realização de atividades de caráter educacional, investigacional e formativo na área da biodiversidade. 

Está patente, no Centro de Interpretação e Educação Ambiental, uma exposição de fotografia e ilustração “Entre Rio e Mar - registo de habitats em mudança”. Inserida no âmbito do Programa da Bandeira Azul 2021 e enquadrada no tema deste ano “Recuperação de Ecossistemas”, dinamizada pela Universidade de Coimbra através do MARE - Centro de Ciências do Mar e do Ambiente, a mostra apresenta a informação de uma forma interativa.

Os guias desta exposição são alunos do Agrupamento de Escolas de Cister, que aceitaram o repto lançado pela organização. Os jovens vão estar no recinto, acompanhados por técnicos do município, durante o período de visita orientada - de segunda a sexta-feira entre as 18:30 e as 19:30 horas e ao fim de semana das 10 às 14 horas.

A mostra, gratuita, está também patente no Edifício do Turismo de São Martinho do Porto e na Biblioteca de Praia das Paredes da Vitória.