Quarta-feira, Junho 29, 2022
Quarta-feira, Junho 29, 2022

Hóquei: Coração trai jovem guardiã Catarina Viola

Data:

Partilhar artigo:

No espaço de poucos dias, a guardiã da equipa de juvenis da Biblioteca viu esfumar-se o sonho de poder vir a transferir-se para os sub-20 do Benfica, que, tal como outros clubes, tinha demonstrado interesse na atleta, e poder vir a ser chamada à Seleção Nacional, cujos responsáveis já a tinham referenciado. E tudo por causa de um problema no coração que a impede de continuar a praticar desporto de alta competição.

No espaço de poucos dias, a guardiã da equipa de juvenis da Biblioteca viu esfumar-se o sonho de poder vir a transferir-se para os sub-20 do Benfica, que, tal como outros clubes, tinha demonstrado interesse na atleta, e poder vir a ser chamada à Seleção Nacional, cujos responsáveis já a tinham referenciado. E tudo por causa de um problema no coração que a impede de continuar a praticar desporto de alta competição.

O coração traiu o sonho de Catarina Viola, mas não lhe retirou o sorriso e a rapariga que sempre jogou com os rapazes, não deixa de sorrir.

“Apesar de a situação ser complicada e do grande choque inicial, vim a perceber que não estou sozinha e que tenho tido o apoio de muitas pessoas”, diz a atleta, de 16 anos, a quem foi detetado um problema de saúde durante um exame de rotina.

“Custa muito deixar de jogar. Tenho um grande amor à modalidade, pois comecei a jogar desde os 4 anos, e quando estava a atingir os meus objetivos aconteceu-me isto. Estou triste, mas com todo o apoio que tenho tido, tudo fica mais fácil”, salienta Catarina Viola.

A Biblioteca já homenageou a guardiã e também o guarda-redes dos seniores decidiu fazer-lhe uma homenagem: até ao final da época, Ruca enverga a camisola de Catarina, com quem trabalhava durante a semana. “É uma menina muito especial e muito importante no clube. Tinha muita qualidade e pode ser que um dia volte a jogar”, vaticina o guarda-redes, que veste, com todo o orgulho, a camisola cor-de-rosa. 

AD Footer
spot_img

Artigos Relacionados

A leste, algo de novo: o despertar dos impérios

Gostaria de estar mais otimista. Porém, os últimos desenvolvimentos à volta da  Guerra na Ucrânia não me permitem...

Hóquei em patins: Biblioteca conquista torneio de encerramento em Tomar

A equipa de sub-15 da Biblioteca conquistou o torneio de encerramento depois de vencer o Sp. Marinhense (10-4),...

Casal de americanos escolheu Alcobaça para ajudar emigrantes

”Portugal the Place” é o nome da empresa de consultoria gerida por um casal de americanos em... Alcobaça. Colleen...

Concurso Mundial de Bruxelas distingue quatro vinhos de Alcobaça

Os vinhos Montecapucho Arinto 2017, da Quinta dos Capuchos, e Mula Velha Rose 2021, da Parras Wines, foram...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!