Sexta-feira, Dezembro 2, 2022
Sexta-feira, Dezembro 2, 2022

Ginja de Alcobaça com indicação protegida

Data:

Partilhar artigo:

A Ginja de Alcobaça e de Óbidos integram, desde esta quarta-feira, a lista de produtos com Indicação Geográfica Protegida (IGP), segundo uma lista publicada pela Comissão Europeia. 

A Ginja de Alcobaça e de Óbidos integram, desde esta quarta-feira, a lista de produtos com Indicação Geográfica Protegida (IGP), segundo uma lista publicada pela Comissão Europeia. 

A candidatura de pedido de registo de IGP da ginja desenrolou-se a partir de 2013, através da Associação de Produtores da Maçã de Alcobaça, que apresentou uma proposta de atribuição da IGP ao Ministério da Agricultura e à Comissão Europeia. 

Região de Cister - Assine Já!

A iniciativa da associação, liderada por Jorge Soares, teve o apoio da Câmara de Óbidos. Três anos depois, a ginja de Óbidos e de Alcobaça passou a estar “protegida” pelas instâncias europeias, o que valoriza o produto típico da região.

Esta certificação abrange produtores dos concelhos de Alcobaça, Nazaré, Óbidos, Caldas da Rainha, Bombarral, Cadaval e Porto de Mós, sendo uma oportunidade para a fruticultura da região.
Segundo uma nota da Comissão Europeia, a “Ginja de Óbidos e Alcobaça” é um pequeno fruto da família das cerejas, com uma forte concentração de açúcares e ácidos.
A ginja é cultivada na região da Serra dos Candeeiros, um parque natural no centro do País junto ao oceano Atlântico. São fabricados muitos produtos a partir desse fruto, tais dos licores, chá ou doçarias. Os produtores de países não pertencentes à União Europeia podem também apresentar pedidos de registo de nomes de produtos, desde que estejam ligados a uma área geográfica definida.

O registo como indicação geográfica confere “ampla proteção aos nomes registados, e funciona como um direito de propriedade intelectual sobre os produtos com uma origem geográfica específica e com qualidades ou uma reputação que são devidas a essa origem”, explica a Comissão.

AD Footer

Artigos Relacionados

APFCAN reflorestou 200 hectares desde grande incêndio de 2017

A reflorestação da área florestal que se estende até ao mar nos concelhos de Alcobaça e Nazaré é...

Alunos da Escola D. Pedro I em projeto “Music and Sports” na Turquia

Ângelo Antanoa (9.ºC), Gonçalo Domingues (9.ºB), Simão Dias (9.ºC) e Simão Fernandes (9.ºA) foram os alunos da Escola...

Concerto de Toy levou um milhar de pessoas ao pavilhão dos Bombeiros da Benedita

O pavilhão dos Bombeiros da Benedita engalanou-se, na noite da passada sexta-feira, para receber o concerto de Toy....

HC Turquel aplica goleada e reafirma candidatura à subida de divisão

O HC Turquel goleou na receção ao HC Sintra (6-2), no passado sábado, e reafirmou a sua candidatura...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!