Segunda-feira, Fevereiro 26, 2024
Segunda-feira, Fevereiro 26, 2024

Historiadores apresentaram “A Alcobaça de Domingos Alvão”

Data:

Partilhar artigo:

“A Alcobaça de Domingos Alvão” foi apresentada na Feira de São Bernardo, este sábado, pelos historiadores alcobacenses Rui Rasquilho e António Maduro. O lançamento decorreu no anfiteatro do MercoAlcobaça, espaço que a Câmara estreou este ano no certame dedicado à literatura e aos livros.

“A Alcobaça de Domingos Alvão” foi apresentada na Feira de São Bernardo, este sábado, pelos historiadores alcobacenses Rui Rasquilho e António Maduro. O lançamento decorreu no anfiteatro do MercoAlcobaça, espaço que a Câmara estreou este ano no certame dedicado à literatura e aos livros.

A obra, que reúne fotografias de Domingos Alvão, considerado um dos melhores fotógrafos portugueses do século XX, “ilustra uma Alcobaça antiga, que passa pela paisagem urbana e rural e a incontornável arquitetura do Mosteiro de Alcobaça”, conta António Maduro. O professor refere, também, o “registo etnográfico e romântico que caracteriza uma Alcobaça muito antiga, já desaparecida”, devido à extinção de alguns hábitos de trabalho representados. 

Região de Cister - Assine Já!

Até à data, as fotografias nunca haviam sido editadas em conjunto, tornando esta obra uma referência histórica. 

Por sua vez, o historiador Rui Rasquilho sublinhou a importância da reunião de todo o material, que se encontrava guardado na Biblioteca Municipal de Alcobaça. “Já conhecíamos muitas fotografias de Domingos Alvão, mas saber que havia vários álbuns, cuidadosamente guardados e com extrema qualidade, foi emocionante”, conta. Após uma breve conversa com a Câmara de Alcobaça foi acordado que era imprescindível dar a conhecer as imagens aos munícipes. “Foi então que tivemos acesso a todos os álbuns e, tendo em conta a sua qualidade, soubemos que podíamos fazer história”, adianta.

O presidente da Câmara de Alcobaça sublinhou que “neste trabalho há imagens de extrema importância histórica, nomeadamente quanto ao Mosteiro”. Paulo Inácio considerou ainda “que é muito importante ter sido dado ao público este testemunho histórico, mesmo para as gerações vindouras”.

No primeiro dia do certame também a escritora Vanda Furtado Marques apresentou a obra “Joana, a Princesa de Portugal”. 

AD Footer

Artigos Relacionados

Futsal: CRP Ribafria revalida título distrital de juvenis

A equipa de juvenis do CRP Ribafria sagrou-se bicampeã distrital depois de ter vencido na receção ao CCRD...

Colisão entre ligeiro de passageiros e motociclo causa um morto em Alcobaça

Um acidente rodoviário entre um veículo ligeiro de passageiros e um motociclo, ocorrido ao final da tarde deste...

Malhado de Alcobaça em destaque em evento no Porto

O Malhado de Alcobaça vai ser um dos produtos em destaque num evento que vai decorrer este sábado,...

Futebolista alcobacense condenado a multa e a uma época de suspensão por apostas desportivas

O futebolista alcobacense Daniel Esteves foi esta sexta-feira condenado pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!