Quarta-feira, Abril 24, 2024
Quarta-feira, Abril 24, 2024

Câmara de Porto de Mós quer ampliar escola secundária para acolher 2.º ciclo

Data:

Partilhar artigo:

A Câmara de Porto de Mós quer ampliar a Escola Secundária de Porto de Mós para acolher os alunos da Escola Básica Dr. Manuel de Oliveira Perpétua, na Corredoura, escola onde a autarquia pretende encerrar a atividade letiva.

A Câmara de Porto de Mós quer ampliar a Escola Secundária de Porto de Mós para acolher os alunos da Escola Básica Dr. Manuel de Oliveira Perpétua, na Corredoura, escola onde a autarquia pretende encerrar a atividade letiva.

“Precisamos de uma escola ampliada, requalificada, para dar uma maior dignidade aos alunos da Escola Básica Dr. Manuel de Oliveira Perpétua”, sublinhou o presidente da Câmara, na passada reunião do executivo municipal, enquanto se discutia o protocolo com o Estado para a retirada de materiais com amianto nestes dois estabelecimentos de ensino, prevista para as férias do Natal do próximo ano letivo.

Região de Cister - Assine já!

“Por falta de condições desta escola, os pais dos alunos que entram no 2.º ciclo optam por colocá-los em Alcobaça e na Batalha”, frisou Jorge Vala, acrescentando que a solução passa por descontinuar esta instituição de ensino. “No entanto a ampliação da Escola Secundária terá de ser empurrada para o próximo ano”, lamentou o autarca.

Para acomodar os alunos do 2.º ciclo, numa perspetiva de otimização de recursos, o Município está disponível a comparticipar o projeto de ampliação no valor de aproximadamente 150 mil euros e, em caso de candidatura, comparticipar 50% da componente nacional, correspondente a valores próximos de meio milhão de euros, avançou a autarquia.

“Ao nível pedagógico, esta junção faz todo o sentido, quer para alunos, quer para professores”, refere Rui Almeida, diretor do Agrupamento de Escolas de Porto de Mós, em declarações ao Região de Cister, salientando a urgente necessidade de uma intervenção na escola-sede.

“A articulação entre os vários níveis de ensino é facilitada quer ao nível das aprendizagens quer ao nível da partilha e socialização, indo também ao encontro das políticas educativas do atual Governo”, defende também Telma Cruz, vereadora da Educação da Câmara.

 

AD Footer

Artigos Relacionados

Cartoon 24-04-2024

A incrível vida (depois da morte) de D. Inês de Castro e a sua pomba Pimba

Hóquei: HC Turquel despromovido ao segundo escalão

O cenário para ainda garantir a permanência antecipava-se de extrema dificuldade, mas a verdade é que veio a...

O pintor que fez da cerâmica e da azulejaria uma “tela” da vida

Foi de pincel na mão que Luís Sacadura desenhou o trajeto de uma vida particularmente preenchida. Disputado pelas...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!