Biblioteca Municipal de Alcobaça assinala 20 anos de serviço à comunidade

A Biblioteca Municipal de Alcobaça assinala este ano duas décadas de atividade. Aquela que é a “casa de todos e para todos” pretende continuar a evoluir para acompanhar as necessidades e ambições da comunidade.

Constituída em 1971, a Biblioteca Municipal esteve localizada na Ala Sul do Mosteiro de Alcobaça entre 1972 e 2000, época em que foi transferida para o pavilhão do Mercoalcobaça, até novembro de 2001. A recuperação arquitetónica de um imóvel da Câmara deu origem a uma nova Biblioteca Municipal de Alcobaça, inaugurada a 23 de novembro de 2001.

Promover o fácil acesso dos munícipes à informação, aos vários suportes documentais, à formação, à cultura, ao lazer e às novas tecnologias da comunicação, com vista a formar cidadãos participativos e integrados na sociedade, assim como cooperar com o sistema educativo e promover o acesso igualitário e gratuito a meios de informação e de entretenimento são os principais objetivos do espaço.

Para o presidente de Câmara de Alcobaça, a Biblioteca Municipal é um serviço essencial, que “responde de forma proativa e integrada aos atuais desafios de promoção da leitura” com recurso às novas tecnologias de comunicação. “A Biblioteca Municipal de Alcobaça é hoje em dia um espaço de cultura e de convívio que vai muito mais além do simples serviço de requisição de livros”, destaca Hermínio Rodrigues.

A visão é partilhada pelo coordenador do espaço municipal, para quem a Biblioteca é um “importante alicerce na comunidade alcobacense”, que conta com cada vez mais utilizadores. “A Biblioteca de Alcobaça é um exemplo a nível do Oeste e nacional. Ao longo das últimas duas décadas foram dados pequenos passos, confiantes e certeiros, que tornaram o serviço numa referência“, afirma César Salazar ao REGIÃO DE CISTER.

Segundo o responsável, a Biblioteca tem capacidade para dar uma resposta satisfatória às necessidades da comunidade através dos vários serviços disponíveis. Continuar a trilhar este percurso “sólido” é a maior ambição da equipa e o mês de dezembro já traz grandes novidades. “A partir de dezembro, a Biblioteca vai disponibilizar jogos de tabuleiro para toda a família, drones para utilização educativa e lúdica dos utentes e uma Playstation 5. De sublinhar que iremos abrir portas à Universidade Sénior de Alcobaça”, relata.

Outra grande inovação está na aposta de tornar os utilizadores da biblioteca em promotores e criadores de conteúdo. “Aqueles que tiverem teses, estudos ou até espólio fotográfico que considerem ser pertinente partilhar podem introduzi-los, de forma catalogada, na nossa base de dados. Após validação da Biblioteca, este vai ser disponibilizado na nossa plataforma para os restantes utilizadores”, explica César Salazar.

Inspirado no serviço de entrega de livros na casa dos leitores, a Biblioteca quer ainda criar uma parceria com empresas para a entrega de livros à porta de fábricas do concelho.

E como planear é a chave do sucesso, será realizado um inquérito em parceria com a Universidade de Coimbra sobre os hábitos de literacia da comunidade. Os resultados vão permitir  melhorar os serviços e delinear o plano de trabalho da próxima década.