Covid-19: CTT facilitam entrega de pensões

Os CTT vão implementar uma série de medidas para mitigar o perigo de contágio no âmbito do pagamento das pensões no mês de abril.

Os correios vão antecipar a emissão e o pagamento dos vales em dois dias úteis e fasear a distribuição, durante oito dias, de modo a minimizar o risco de afluência aos locais de pagamento e de contágio. Os vales serão emitidos a partir desta quarta-feira e serão distribuídos até dia 9.

Neste período de pagamento de vales, os CTT terão 34 lojas com horários alargados, a funcionar das 9 às 13:30 e das 14:30 às 17:30 horas, para fazer face à afluência. A lista de lojas com horário alargado pode ser consultada no site dos CTT. A empresa assegura também que existe um ponto de contacto (loja ou posto de correio) em cada município durante o período do pagamento das pensões.

Os CTT vão ainda reforçar o serviço de pagamento de vales ao domicílio através dos carteiros, garantindo que cerca de 100 mil dos 370 mil pensionistas que recebem mensalmente os vales em todo o País não tenham de se deslocar para receber a sua pensão.

"Este reforço é uma importante medida de mitigação, evitando a saída dos pensionistas do seu domicílio, que será levado a cabo pela rede de carteiros dos CTT, que se mantêm operacionais num espírito hercúleo de proximidade e serviço às populações", refere a empresa em comunicado.