Covid-19: Iberomoldes entrega viseiras ao Hospital de Alcobaça

A Iberomoldes entregou 150 viseiras de proteção individual ao Hospital Bernardino Lopes de Oliveira, em Alcobaça.

A empresa começou a desenhar o modelo da viseira, depois de Joaquim Menezes, presidente do grupo Ibermoldes, falar com uma médica amiga e perceber que “estavam a improvisar máscaras para o atendimento nas urgências". "Apercebi-me imediatamente que não era um bom sistema, nem seguro, nem sustentável", sublinhou o engenheiro, citado num comunicado.

A proposta de modelo começou a ser desenhada durante o fim de semana e, entretanto, “as primeiras peças foram já fabricadas”, estando a decorrer agora ensaios para aperfeiçoamento, lê-se no documento.

"Pretendemos produzir algo que sirva as necessidades concretas e imediatas: o rigor que caracteriza o nosso trabalho obriga-nos a vários testes e à avaliação de quem os vai usar no dia a dia”, assegura Joaquim Menezes, esclarecendo que “não estão a produzir zaragatoas”. “Devido ao rigor com que nos dedicamos aos projetos, temos conhecimento, matéria prima, pessoas e ferramentas para fazer viseiras- é este o nosso contributo imediato”, sublinha o presidente do grupo.

Após a validação final, será possível fabricar entre 1500 e 2000 viseiras por dia, que serão depois distribuídas, inicialmente, pelos profissionais de saúde da região, nomeadamente no Hospital de Leiria, “mas os pedidos já estão a chegar de todo o país”.

O Grupo Iberomoldes, criado em 1975, é um grupo industrial português, constituído por 10 empresas, integrando cerca de 1500 funcionários em três países diferentes.

 

Mais do que nunca, a informação é preciosa.
Mais do que nunca, o Região de Cister está a trabalhar, diariamente e em todos os suportes, para disponibilizar informação credível e rigorosa aos seus leitores.
Mais do que nunca, num contexto de quebra abrupta de publicidade, o seu apoio é fundamental.
Faça-se assinante do único semanário dos concelhos de Alcobaça, Nazaré e Porto de Mós e ajude-nos a manter este serviço público.