Segunda-feira, Junho 24, 2024
Segunda-feira, Junho 24, 2024

Estratégia para Alcobaça inclui meia centena de projetos

Data:

Partilhar artigo:

A Câmara de Alcobaça apresentou esta sexta-feira, numa sessão pública no auditório da Biblioteca Municipal, o projeto estratégico de desenvolvimento para o concelho, que serve de suporte para as candidaturas a fundos comunitários no âmbito do Quadro Estratégico Europeu 2014-2020.

A Câmara de Alcobaça apresentou esta sexta-feira, numa sessão pública no auditório da Biblioteca Municipal, o projeto estratégico de desenvolvimento para o concelho, que serve de suporte para as candidaturas a fundos comunitários no âmbito do Quadro Estratégico Europeu 2014-2020.

Foram apresentadas cerca de meia centena de propostas de investimento, com a novidade a residir na criação de um centro logístico para a indústria agro-alimentar em Alfeizerão, que servirá para armazenamento, transporte e distribuição.

Região de Cister - Assine já!

Projetos já conhecidos como a Área de Localização Empresarial da Benedita, a Área de Interpretação Florestal na Mata Nacional do Vimeiro, a Requalificação da Lagoa de Pataias, o Hotel de luxo no Mosteiro, o Museu do Vinho ou a Central Elétrica da Fervença integram os sete eixos da estratégia do município.

O presidente da Câmara explicou que o plano “foi um trabalho de muitos meses, com contributos extraordinários de muitas entidades”. “Apesar de ser uma base, a visão de desenvolvimento do concelho não se esgota neste quadro”, salientou Paulo Inácio, revelando que “há outros projetos a implementar a longo prazo”.

Mais de uma centena de pessoas compareceu à sessão pública, na qual se confirmou a importância do rio Alcôa para a estratégia de desenvolvimento de Alcobaça. O impacto da reabilitação urbana do rio irá ocorrer numa extensão de 17 quilómetros, numa área de 900 hectares, prevendo intervenções a partir de Chiqueda. “Grande parte destas ações são articuladas com o plano estratégico do concelho, que permite dar substância a este projeto dedicado ao rio Alcôa”, sublinhou o autarca, notando a mais-valia da iniciativa, que pressupõe a melhoria da qualidade da água, a valorização ambiental e paisagística do percurso do rio e a reabilitação do sistema hidráulico cisterciense.

AD Footer

Artigos Relacionados

Construção de nova ponte do Rio da Areia está (finalmente) no terreno

Há dois anos e meio que não há forma de atravessar o Rio da Areia, em Valado dos...

Lucas Ribeiro viverá primeira aventura no andebol espanhol

O Atlético Valladolid é o novo clube do pataiense Lucas Ribeiro, ele que deixa o Póvoa AC, da...

Ausência de candidaturas motiva comissão admistrativa nos Bombeiros da Benedita

Estava marcada para a passada sexta-feira uma assembleia geral para a eleição de uma nova Direção da Associação...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!