Segunda-feira, Julho 4, 2022
Segunda-feira, Julho 4, 2022

Hospital de Alcobaça recebe investimentos de 1,5 milhões

Data:

Partilhar artigo:

O Centro Hospitalar de Leiria (CHL) vai investir cerca de 1,5  milhões no Hospital Bernardino Lopes de Oliveira, de Alcobaça, até final do primeiro trimestre de 2016, na reestruturação do edifício e de serviços.

O Centro Hospitalar de Leiria (CHL) vai investir cerca de 1,5  milhões no Hospital Bernardino Lopes de Oliveira, de Alcobaça, até final do primeiro trimestre de 2016, na reestruturação do edifício e de serviços.

O anúncio foi feito esta terça-feira, num encontro entre o presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar e os jornalistas. Entre recuperações interiores e exteriores, equipamento médico e requalificação de áreas técnicas, o CHL já investiu, num ano e meio, data em que passou a gerir o Hospital da cidade, cerca de 870 mil euros. A instalação da Unidade de Cuidados Paliativos, a reabilitação do serviço de urgências, da farmácia e rouparia, da cozinha e refeitório, da casa mortuária, da entrada principal e uma reestruturação da consulta externa, bem como a aquisição de uma ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV), são investimentos em curso até final do ano, avaliados em 600 mil euros.

“O objetivo principal é ter um hospital cada vez melhor ao serviço da sua comunidade”, sublinhou Helder Roque. “Queremos para o Hospital de Alcobaça melhores condições de trabalho, queremos que seja um hospital cada vez mais eficiente e que seja mais humano”, acrescentou o presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar de Leiria, salientando que a regularização das situações de precariedade laboral resultou na integração de 48 trabalhadores nos quadros do CHL.

A Unidade de Cuidados Paliativos, já anunciada anteriormente, ocupará parte do atual internamento de cirurgia geral, com oito quartos individuais e dois duplos. “É um privilégio para Alcobaça ter a primeira unidade de cuidados paliativos do distrito de Leiria”, sublinhou Helder Roque, para quem a unidade “será uma oportunidade estratégica para o Hospital”. O Conselho de Administração do CHL, que estima a obra em 180 mil euros, prevê a abertura da unidade para o final do primeiro trimestre do próximo ano.

Além da subida do número de urgências, internamentos e consultas externas, o Hospital Bernardino Lopes de Oliveira passou também a disponibilizar aos utentes consultas de Urologia, Ginecologia, Pedopsiquiatria e Endocrinologia. Algumas destas especialidades ainda estão em fase final de implementação.

AD Footer
spot_img

Artigos Relacionados

Duas empresas de Alcobaça distinguidas como “Gazela 2021”

A construtora A.B. Inácio, LDA, sediada na Benedita, e a fabricante HC - Caixilharia LDA, localizada na Cela...

Aluno da Escola D. Pedro I conquistou 1.º prémio nas Olimpíadas da Cultura Clássica

António Maria Jorge, aluno da Escola Básica 2,3 D. Pedro I de Alcobaça, ganhou o 1.º prémio nas...

Futsal: Uma década de “ouro” coroada com o 25.º título

O Sporting revalidou o título nacional, no passado sábado, depois de vencer o Benfica (4-3) no terceiro jogo...

Vai uma “jogatana” de padel?

Pode parecer estranho, mas esta história sobre o padel começa a ser contada por um treinador de... futsal....

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!