Terça-feira, Julho 5, 2022
Terça-feira, Julho 5, 2022

Auditoria à Câmara da Nazaré causa polémica

Data:

Partilhar artigo:

O envio do resultado da auditoria à gestão da Câmara da Nazaré entre 2003 e 2014 ao Tribunal de Contas, Inspeção Geral de Finanças, Direção Geral das Autarquias Locais e Ministério Público “para apreciação e averiguação” criou uma nova clivagem entre a maioria socialista e a oposição na autarquia, embora no essencial o executivo esteja de acordo com a medida. De resto, Fátima Duarte (PSD) votou ao lado do PS.

O envio do resultado da auditoria à gestão da Câmara da Nazaré entre 2003 e 2014 ao Tribunal de Contas, Inspeção Geral de Finanças, Direção Geral das Autarquias Locais e Ministério Público “para apreciação e averiguação” criou uma nova clivagem entre a maioria socialista e a oposição na autarquia, embora no essencial o executivo esteja de acordo com a medida. De resto, Fátima Duarte (PSD) votou ao lado do PS.

Por terem integrado antigos executivos, Belmiro Fonte (PSD) e António Trindade (GCI) solicitaram o impedimento na votação daquele ponto na sessão do executivo municipal da passada segunda-feira, o que desagradou profundamente ao PS, que no dia seguinte reagiu, em comunicado, através do Secretariado da Concelhia, criticando os dois vereadores.

Os socialistas consideram “lamentável” a ausência de Belmiro Fonte e António Trindade na votação “quando no dia 28 de setembro esgrimiram argumentos sobre a temática durante 44 minutos!”. 

“Consideramos, totalmente irresponsável esta posição, uma vez que não lhes incumbia proferir sentenças, como acabou por suceder na sessão de setembro, onde foram os técnicos do município o alvo das críticas, tendo como base a ilibação dos responsáveis políticos, uma vez que, alegadamente, desconheciam tais irregularidades”, pode ler-se no comunicado do PS, acrescentando: “A esta força política foi delegada uma pesada herança, a mesma que nos impede de reduzir impostos; a que nos impede de reduzir taxas; a que nos impede de focalizar todas as receitas em investimento; a que nos impede de pagar a todos os credores deste município a colossal dívida, e com juros; a herança que os eleitos do passado pretendem ver apagada, como se nada tivesse sucedido”.

No mesmo dia, Belmiro Fonte reagiu, também em comunicado, às afirmações da estrutura socialista. “Dois anos passados sobre o mandato da atual maioria, regressámos aos piores momentos do ‘Monterrosismo’ no que à política diz respeito. É o insulto, a intriga, os recados que se dão e que se mandam, as perseguições aos desalinhados e tudo o mais que vai acontecendo”, declarou o social-democrata, para quem o passado “foi julgado politicamente nas eleições de 2013 e será julgado civil ou criminalmente se for caso disso, nas instâncias próprias”.

O antigo líder do PSD/Nazaré frisa que “as obras que tão espalhafatosamente são anunciadas nas redes sociais, ou são fruto das políticas de anteriores executivos ou são dignas da Junta de Freguesia da Nazaré”, salientando que saiu da reunião “única e exclusivamente” devido à “possibilidade de, tendo feito parte do anterior executivo, poder haver algum impedimento”.

Contactado pelo REGIÃO DE CISTER, António Trindade explicou que solicitou impedimento na votação por considerar que “pode haver incompatibilidade por ter sido vereador nos mandatos anteriores”. “Se fosse votar votaria a favor”, concluiu o antigo presidente da Junta da Nazaré.

AD Footer
spot_img

Artigos Relacionados

Colisão entre motociclo e veículo ligeiro provoca um morto na Nazaré

Um homem, de nacionalidade inglesa, morreu esta segunda-feira na Nazaré, na sequência de uma colisão entre um motociclo...

Uma “tasca” em alta rotação movida a gasolina e… caracol

Costuma dizer-se que quem anda à velocidade do caracol não chega propriamente rápido ao destino. Mas, por paradoxal...

Jovem detido por furto a residência em São Martinho do Porto

Um jovem de 25 anos foi detido, no dia 29 de junho, por furto em interior de residência...

Duas empresas de Alcobaça distinguidas como “Gazela 2021”

A construtora A.B. Inácio, LDA, sediada na Benedita, e a fabricante HC - Caixilharia LDA, localizada na Cela...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!