Sexta-feira, Setembro 30, 2022
Sexta-feira, Setembro 30, 2022

Soul Cave do acaso para os palcos

Data:

Partilhar artigo:

spot_img

Os Soul Cave, uma banda de rock alternativo da Benedita, começou quase por um acaso. André Nogueira, guitarristado grupo, revela que a ideia de formar a banda surgiu naturalmente quando um dia se juntou com Eduardo Trancoso e Fernando Pedro “mandar uns toques” musicais entre amigos.

Os Soul Cave, uma banda de rock alternativo da Benedita, começou quase por um acaso. André Nogueira, guitarristado grupo, revela que a ideia de formar a banda surgiu naturalmente quando um dia se juntou com Eduardo Trancoso e Fernando Pedro “mandar uns toques” musicais entre amigos.

Daí até se chegar à composição atual não demorou muito. O baixista Diogo Paulino e a vocalista Bianca Pereira juntaram-se ao grupo. Entretanto, Eduardo Trancoso decidiu abandonar o conjunto por “falta de disponibilidade”. “Tudo começou com uma brincadeira” mas a coisa ficou séria quando os músicos notaram o “bom ambiente” que se fazia sentir no meio do grupo. Foi então que decidiram criar “uma banda de originais”, confessa o guitarrista.

A banda beneditense lançou recentemente um single intitulado “Change”. À semelhança da criação do agrupamento, também a criação do tema surgiu quase por acaso. O convite para gravar “Change” partiu de Hélio Ribeiro, baterista da banda turquelense Killbutton, que lhes ofereceu o estúdio para gravar o primeiro trabalho dos Soulcave. A gravação do single foi “complicada, visto que se tem de conciliar os gostos de cada um”, adianta o guitarrista dos Soul Cave.

A primeira oportunidade da banda de tocar ao vivo foi proposta pela organização do Bango, um festival de música e artes organizado na Benedita que pretende celebrar o “talento local”. Os beneditenses ainda não têm mais nenhum concerto agendado mas prometem “algumas novidades para breve”. Por enquanto, a banda de rock alternativo continua a trabalhar em novos temas que refletam cada vez mais “a sonoridade da banda”, adianta André Nogueira. 

As motivações dos Soulcave “são bastante humildes”. Fazem música juntos porque gostam do que fazem e na companhia com que o fazem. Ainda assim, não se importariam “nada de tocar no MEO Arena”, brinca André Nogueira. “Um dia, quem sabe”…

AD Footer
spot_img

Artigos Relacionados

Nove bombeiros da região participaram na prova “Escadórios da Humanidade”

Nove bombeiros das corporações da região participaram na prova “Escadórios da Humanidade”, realizada  este dia 24, no Bom...

Alunos da Nazaré participam em ação internacional de limpeza costeira

Alunos do 1.º ciclo participaram nas ações de limpeza costeira que decorreram na Praia do Norte e na...

Futebol: Leandro Santos chega aos 200 jogos na Honra

O jogo entre Ginásio e Mirense, agendado para o próximo domingo (15 horas), no Municipal de Alcobaça, vai...

Triatlo: Raquel Rocha arrecada bronze no Europeu de Bilbau

Raquel Rocha (Clube de Natação e Triatlo de Lisboa) esteve em plano de evidência ao conquistar a medalha...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!