Sábado, Junho 22, 2024
Sábado, Junho 22, 2024

Leoa Catarina Lopes quer rugir alto no novo desafio da carreira

Data:

Partilhar artigo:

A beneditense Catarina Lopes transferiu-se do A-dos-Francos para o Sporting e cumpriu um sonho de criança: representar o clube do coração. A jovem internacional não esconde a emoção pelo salto que deu na carreira, elogia as condições que encontrou na Academia de Alcochete e acredita que o futebol feminino pode crescer com a presença da equipa leonina na modalidade.

A beneditense Catarina Lopes transferiu-se do A-dos-Francos para o Sporting e cumpriu um sonho de criança: representar o clube do coração. A jovem internacional não esconde a emoção pelo salto que deu na carreira, elogia as condições que encontrou na Academia de Alcochete e acredita que o futebol feminino pode crescer com a presença da equipa leonina na modalidade.

 

REGIÃO DE CISTER (RC) > Como surgiu o convite do Sporting? 

Região de Cister - Assine já!

CATARINA LOPES (CL) > Foi uma situação curiosa, porque o convite surgiu após algumas conversas acerca da possibilidade de vir a exercer a função de treinadora nos escalões de formação do Sporting, uma vez que tinha acabado a Licenciatura em Treino Desportivo e ambicionava trabalhar no clube. Todavia, a oportunidade acabou por surgir mas com outro papel… de jogadora do Sporting.

RC > Quando o clube anunciou a constituição da equipa sonhou em receber um convite, uma vez que é adepta do clube? 

CL > Obviamente que sim! Ainda antes de ser anunciada já sonhava que um dia o clube voltasse a ter uma equipa feminina e que eu fosse uma das escolhidas para fazer parte do plantel. Nunca escondi que se trata do meu clube de coração e poder representar o Sporting no futebol feminino era algo que ansiava verdadeiramente. 

RC > Quais têm sido as primeiras impressões do novo clube? 

CL > Inúmeras! São sentimentos inexplicáveis que vamos sentido nestes primeiros dias de trabalho no Sporting! É, obviamente, uma realidade totalmente diferente daquela que eu tinha. Deparei-me com um clube com uma estrutura muito completa e competente, condições de excelência, métodos de trabalho exigentes e profissionais e um grupo de trabalho empenhado e que quer claramente vincar a sua posição. 

RC > A chegada do Sporting ao futebol feminino pode impulsionar a modalidade? 

CL > É claro que sim. É um clube com um enorme historial, imensos adeptos e simpatizantes e com grandíssima visibilidade, contudo é importante que também os outros clubes se mantenham, que tenham condições para assegurar as suas equipas e todas nós, mulheres, continuemos a lutar pelos nossos interesses e condições. Pois se existir a entrada destas “equipas grandes” e se outras equipas abandonarem a aposta no feminino, acabaremos por perder simultaneamente.

RC > Como é trabalhar em Alcochete, passando de uma realidade como a do A-dos-Francos para a melhor academia do mundo? 

CL > Como já referi acima, é inexplicável a oportunidade que estou a viver! Tudo aquilo que nos envolve é profissional, rigoroso, controlado… de excelência! Desde os profissionais que nos acompanham, às infraestruturas que estão ao nosso dispor, a dedicação das jogadoras, a abertura de todos os profissionais estando ou não diretamente ligados à equipa feminina… É um espaço onde crescemos a cada dia que passa! Porém, não descuro os outros clubes pelos quais passei, são realidades diferentes, mas cruciais no nosso crescimento. Como é o caso da Beneditense, do CRP Ribafria, do Vidais e do A-Dos-Francos, este último que representei estando rodeada também de pessoas responsáveis e competentes e um excelente grupo de jogadoras, colegas e amigas, que muito contribuíram para que hoje possa estar aqui! 

RC > Tem tido uma carreira feita a pulso. Sente que é um exemplo para as meninas da nossa região que ambicionam, um dia, chegar à elite do futebol feminino? 

CL > Se sou um exemplo, não sei, mas se for, fico felicíssima! Tudo aquilo que faço no futebol é com coração, por gosto pela modalidade e também para o meu bem-estar. Dar-lhes-ei uma experiência de vida diferente de muitas outras e, de certa forma, isso pode ser importante para o crescimento de muitas meninas que pretendem um dia vincar no futebol. Quer como jogadora, quer num futuro próximo e já presente como treinadora, pretendo que existam cada vez mais interessadas e que eu possa ser sempre alguém que contribua para o seu sucesso enquanto jogadoras, mas também como seres humanos.  

RC > O Sporting é o grande favorito à conquista do título? 

CL > Estamos aqui para isso. Um clube como o Sporting Clube de Portugal entra em qualquer competição para vencer e a equipa feminina parte com essa ambição de conquistar títulos. Todavia estamos cientes das dificuldades que vamos encontrar, pois não somos a única equipa no Campeonato Nacional. Existem muitas equipas com qualidade, jogadoras experientes, criativas, brilhantes tecnicamente, inteligentes taticamente e isso é importante para o Futebol Feminino em Portugal. Porém, vamos entrar em cada jogo/competição para vencer. 

RC > Como consegue conciliar os estudos com a exigência de representar o Sporting?

CL > Acredito que quando queremos muito uma coisa, tudo conspira em nosso favor! E se há algo crucial para mim é a minha vida académica e futuramente profissional. Sempre quis vingar no futebol, mas nunca ponderei deixar para trás os estudos. Desde sempre fui organizada o suficiente para conciliar tudo da melhor forma e os resultados têm sido positivos, em ambos os campos. Enquanto for possível… conciliarei ambos. 

AD Footer

Artigos Relacionados

Construção de nova ponte do Rio da Areia está (finalmente) no terreno

Há dois anos e meio que não há forma de atravessar o Rio da Areia, em Valado dos...

Lucas Ribeiro viverá primeira aventura no andebol espanhol

O Atlético Valladolid é o novo clube do pataiense Lucas Ribeiro, ele que deixa o Póvoa AC, da...

Ausência de candidaturas motiva criação de uma comissão admistrativa nos Bombeiros

Estava marcada para a passada sexta-feira uma assembleia geral para a eleição de uma nova Direção da Associação...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!