Segunda-feira, Agosto 8, 2022
Segunda-feira, Agosto 8, 2022

Daniel Bernardes estreia ensemble no Caldas Nice Jazz

Data:

Partilhar artigo:

O alcobacense Daniel Bernardes vai estrear o seu Crossfade Ensemble este domingo e logo com um concerto integrado na programação do Caldas Nice Jazz, a ter lugar, a partir das 18:30 horas, no Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha.
 

O alcobacense Daniel Bernardes vai estrear o seu Crossfade Ensemble este domingo e logo com um concerto integrado na programação do Caldas Nice Jazz, a ter lugar, a partir das 18:30 horas, no Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha.

Trata-se de um concerto “muito especial” para Daniel Bernardes, uma vez que vai encerrar “o evento que é já um dos mais importantes festivais de jazz”. A “estreia do Ensemble marca o culminar de um percurso de dois anos” desde que o músico começou a preparar o projeto. De referir que antes do concerto será feita uma representação do Auto de São Martinho, de Gil Vicente, musicada por Daniel Bernardes e idealizada pela encenadora Ana Claudio.

O ensemble nasceu da necessidade que o pianista sentia em “revisitar e registar em disco” o trabalho que tinha desenvolvido ao longo da carreira, em que compunha obras para outras formações.

A formação do conjunto de Daniel Bernardes é como uma “dream team” da música clássica e jazz. O músico conseguiu juntar um grupo de “craques” que “refletem a natureza mista” da sua música. Assim, o pianista “chamou” três músicos de Alcobaça – Mário Marques (saxofone), Hugo Assunção (trombone) e Sérgio Carolino (tuba) – e três dos mais importantes músicos de jazz portugueses: Jeffery Davis (vibrafone), Ricardo Toscano (saxofone e clarinete) e João Barradas (acordeão). O facto de ter conseguido reunir em septeto, no qual Daniel Bernardes também participa, é “um orgulho” para o compositor.

O projeto “mistura música clássica com a improvisação jazz, uma combinação que não é nova mas que é sempre muito particular e pessoal”, explica o alcobacense, que descreve a música de Crossfade Ensemble como “fresca pela reinvenção dos estilos e pela instrumentação particular”.

A “composição e originalidade” de Daniel Bernardes aliada à interpretação dos restantes “craques” gerou “imenso interesse” à volta do Crossfade Ensemble, pelo que está a ser preparada a programação do agrupamento para os dois próximos anos. A agenda deverá ser “divulgada atempadamente”, revela o compositor.

Paralelemente ao Crossfade Ensemble, Daniel Bernardes avançou ao REGIÃO DE CISTER que está a trabalhar na edição de um novo álbum de música jazz que será lançado no próximo ano. Além disso, o álbum “Nascem da Terra”, que marcou a estreia discográfica de Daniel Bernardes em 2013, vai subir ao palco do Festival de Jazz da Marinha Grande, no próximo dia 25. O baterista Joel Silva e o contrabaixista Carlos Barretto acompanham o pianista no trio “Nascem da Terra”.

 

AD Footer
spot_img

Artigos Relacionados

Cinco feridos após despiste de viatura que causou incêndio rural em Alfeizerão

Cinco pessoas ficaram feridas na sequência de um despiste de uma viatura, na tarde desta sexta-feira, na localidade...

Nazarena Raquel Libório eleita Best Face Teen Mundial 2022

Raquel Libório, natural da Nazaré, foi eleita Best Face Miss Teen Mundial 2022 A distinção da jovem nazarena, de...

Francesinhas à moda do Porto são a mais recente novidade na freguesia de Turquel

O café/snack-bar “Mira-Serra”, em Turquel, tem um novo “sabor”. Tudo porque, há três meses, o espaço, agora com...

Atelier do Doce remodela casa para criar projeto inovador

A “casa” do Atelier do Doce tem estado em obras. Com a ampliação para mais 1.500 metros quadrados,...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!