Quinta-feira, Dezembro 1, 2022
Quinta-feira, Dezembro 1, 2022

Daniel Bernardes estreia ensemble no Caldas Nice Jazz

Data:

Partilhar artigo:

O alcobacense Daniel Bernardes vai estrear o seu Crossfade Ensemble este domingo e logo com um concerto integrado na programação do Caldas Nice Jazz, a ter lugar, a partir das 18:30 horas, no Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha.
 

O alcobacense Daniel Bernardes vai estrear o seu Crossfade Ensemble este domingo e logo com um concerto integrado na programação do Caldas Nice Jazz, a ter lugar, a partir das 18:30 horas, no Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha.

Trata-se de um concerto “muito especial” para Daniel Bernardes, uma vez que vai encerrar “o evento que é já um dos mais importantes festivais de jazz”. A “estreia do Ensemble marca o culminar de um percurso de dois anos” desde que o músico começou a preparar o projeto. De referir que antes do concerto será feita uma representação do Auto de São Martinho, de Gil Vicente, musicada por Daniel Bernardes e idealizada pela encenadora Ana Claudio.

Região de Cister - Assine Já!

O ensemble nasceu da necessidade que o pianista sentia em “revisitar e registar em disco” o trabalho que tinha desenvolvido ao longo da carreira, em que compunha obras para outras formações.

A formação do conjunto de Daniel Bernardes é como uma “dream team” da música clássica e jazz. O músico conseguiu juntar um grupo de “craques” que “refletem a natureza mista” da sua música. Assim, o pianista “chamou” três músicos de Alcobaça – Mário Marques (saxofone), Hugo Assunção (trombone) e Sérgio Carolino (tuba) – e três dos mais importantes músicos de jazz portugueses: Jeffery Davis (vibrafone), Ricardo Toscano (saxofone e clarinete) e João Barradas (acordeão). O facto de ter conseguido reunir em septeto, no qual Daniel Bernardes também participa, é “um orgulho” para o compositor.

O projeto “mistura música clássica com a improvisação jazz, uma combinação que não é nova mas que é sempre muito particular e pessoal”, explica o alcobacense, que descreve a música de Crossfade Ensemble como “fresca pela reinvenção dos estilos e pela instrumentação particular”.

A “composição e originalidade” de Daniel Bernardes aliada à interpretação dos restantes “craques” gerou “imenso interesse” à volta do Crossfade Ensemble, pelo que está a ser preparada a programação do agrupamento para os dois próximos anos. A agenda deverá ser “divulgada atempadamente”, revela o compositor.

Paralelemente ao Crossfade Ensemble, Daniel Bernardes avançou ao REGIÃO DE CISTER que está a trabalhar na edição de um novo álbum de música jazz que será lançado no próximo ano. Além disso, o álbum “Nascem da Terra”, que marcou a estreia discográfica de Daniel Bernardes em 2013, vai subir ao palco do Festival de Jazz da Marinha Grande, no próximo dia 25. O baterista Joel Silva e o contrabaixista Carlos Barretto acompanham o pianista no trio “Nascem da Terra”.

 

AD Footer

Artigos Relacionados

APFCAN reflorestou 200 hectares desde grande incêndio de 2017

A reflorestação da área florestal que se estende até ao mar nos concelhos de Alcobaça e Nazaré é...

Alunos da Escola D. Pedro I em projeto “Music and Sports” na Turquia

Ângelo Antanoa (9.ºC), Gonçalo Domingues (9.ºB), Simão Dias (9.ºC) e Simão Fernandes (9.ºA) foram os alunos da Escola...

Concerto de Toy levou um milhar de pessoas ao pavilhão dos Bombeiros da Benedita

O pavilhão dos Bombeiros da Benedita engalanou-se, na noite da passada sexta-feira, para receber o concerto de Toy....

HC Turquel aplica goleada e reafirma candidatura à subida de divisão

O HC Turquel goleou na receção ao HC Sintra (6-2), no passado sábado, e reafirmou a sua candidatura...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!