Quinta-feira, Outubro 6, 2022
Quinta-feira, Outubro 6, 2022

Menino de 6 anos gera onda de solidariedade

Data:

Partilhar artigo:

Pedro Marquês Querido, uma criança de 6 anos a quem foi diagnosticada uma hipotonia, uma doença que retira a força muscular, gerou uma onda de solidariedade na região nas últimas semanas.

Pedro Marquês Querido, uma criança de 6 anos a quem foi diagnosticada uma hipotonia, uma doença que retira a força muscular, gerou uma onda de solidariedade na região nas últimas semanas. O menino precisa de se submeter a tratamentos dispendiosos, que custam em média 5 mil euros mensais, valor que os pais de Pedro Querido não conseguem custear. 

A comunidade da região de Cister não demorou a mostrar a sua ajuda e, em poucos dias, Miguel Santos pôs mãos à obra e organizou o evento “Todos com o Pedrito”, que terá lugar, no próximo dia 22 de abril, pelas 19:30 horas, na sede do ACDR Arneirense, no concelho de Caldas da Rainha. “Só assumi esta situação, pois acho que temos de contribuir para melhorar os que não podem. Sempre foi a minha filosofia de vida“, refere.

Pedro Marquês Querido é natural da freguesia de Santa Catarina (Caldas da Rainha) mas frequentou, desde muito cedo, o infantário da Santa Casa da Misericórdia do Vimeiro e, recentemente, brinca e aprende no Jardim de Infância daquela vila. Por isso mesmo, a Misericórdia do Vimeiro associou-se à causa e, além de abrir uma conta bancária para receber donativos que pagam os tratamentos, é também um ponto de recolha de “tampinhas de plástico” para angariar verbas.

Para o evento de angariação de fundos já estão confirmadas as presenças do cantor nazareno Guilherme Azevedo, de Cristiana Viana, Miss Portugal 2016, do mágico Manuel Barata e do músico David Germano. A organização do evento tem, ainda, preparadas “muitas surpresas” ao longo da noite solidária. A participação no “Todos com o Pedrito” tem o custo de 10 euros e inclui jantar e espetáculo. Também várias empresas da região fizeram questão de se associar ao evento. Pedro Marquês Querido foi diagnosticado com a doença aos 4 meses de idade e desde então tem travado “uma batalha” com várias consultas e tratamentos. Com a ajuda de todos, “Pedrito” pode conseguir as técnicas terapêuticas que necessita.

AD Footer

Artigos Relacionados

Veio ter comigo hoje a poesia

Hoje a poesia veio ter comigo em forma de notícia e não poema. Um de nós, um dos...

Peões causam perigo no atravessamento da EN242 na Nazaré

O perigo para peões e automobilistas na Estrada Nacional 242, entre a rotunda do Pavilhão Municipal e a...

Livro enaltece maior produtora de garrafas do País há 80 anos

Mais do que um livro sobre uma fábrica de garrafas, a obra do historiador Tiago Inácio, apresentada no...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!