Quarta-feira, Julho 6, 2022
Quarta-feira, Julho 6, 2022

Concentrado de flor de sabugueiro made in Alcobaça

Data:

Partilhar artigo:

O galego Jaime Otero Páramo viu na flor do sabugueiro uma enorme oportunidade. Além do uso medicinal e nutricional, o engenheiro aquicultor pensou em rentabilizar a planta em bebidas, na comida, no comércio a retalho e na restauração. Foi assim que nasceu a Careixons, empresa que se dedica à produção e comercialização de concentrado de Flor de Sabugueiro, com a particularidade de ser tudo made in Alcobaça. 

O galego Jaime Otero Páramo viu na flor do sabugueiro uma enorme oportunidade. Além do uso medicinal e nutricional, o engenheiro aquicultor pensou em rentabilizar a planta em bebidas, na comida, no comércio a retalho e na restauração. Foi assim que nasceu a Careixons, empresa que se dedica à produção e comercialização de concentrado de Flor de Sabugueiro, com a particularidade de ser tudo made in Alcobaça. 

“Na busca por uma cultura sustentável e biológica, fui experimentando várias plantas. Encontrei o sabugueiro e apaixonei-me. Comecei por fazer uma plantação piloto na Galiza, onde tenho alguns terrenos, mas apercebi-me que existe também uma tradição de plantação de sabugueiros nesta região, ainda que esteja esquecida“, refere o espanhol, que reside na freguesia de Pataias, que iniciou o projeto há cerca de um ano.

Aquele produto made in Alcobaça, que pode ter diversas aplicações, distingue-se dos que já são comercializados em Portugal pela extração a frio. Isto é “o produto, extremamente aromático, é conservado a frio em câmaras frigoríficas, respeitando a origem do produto“, garante o produtor. O concentrado caracteriza-se pelo aroma e pela efusão da flor em base açucarada. Deste modo, o elixir pode ser utilizado em bebidas (refrescos, gins, sangrias) e na pastelaria (adoçante, aromatizante, etc.). 

Para o futuro, Jaime Otero Páramo não esconde o desejo de apostar na área nutricional. “Mas para já o objetivo principal é mostrar às pessoas que o sabugueiro tem propriedades incríveis, que podem ser utilizadas de diversas formas”, nota.

O produto, comercializado em garrafas de meio-litro ou litro, também possa ser utilizado em cafés e restaurantes ou comercializado no comércio a retalho. Em Alcobaça, pode ser adquirido na Granja de Cister. As encomendas também podem ser feitas online na página de internet do projeto.

AD Footer
spot_img

Artigos Relacionados

Futebol: Ginásio fica pelas meias-finais no Inatel

O Ginásio caiu nas meias-finais do taça nacional da Fundação Inatel. Os azuis soçobraram na deslocação ao reduto...

Colisão entre motociclo e veículo ligeiro provoca um morto na Nazaré

Um homem, de nacionalidade inglesa, morreu esta segunda-feira na Nazaré, na sequência de uma colisão entre um motociclo...

Uma “tasca” em alta rotação movida a gasolina e… caracol

Costuma dizer-se que quem anda à velocidade do caracol não chega propriamente rápido ao destino. Mas, por paradoxal...

Jovem detido por furto a residência em São Martinho do Porto

Um jovem de 25 anos foi detido, no dia 29 de junho, por furto em interior de residência...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!