Quinta-feira, Julho 7, 2022
Quinta-feira, Julho 7, 2022

Rafaela Silva cria “Raízes” para homenagear gerações pioneiras

Data:

Partilhar artigo:

1904 é o ano do nascimento do sr. Adelino Rafael, mas é também o número da referência de um dos vários sapatos de homem da “Raízes”, apresentados na Quinta do Pinheiro, em Valado dos Frades. A nova marca da Rafaela Silva, empresa sediada na Benedita, foi criada pelos bisnetos de Adelino Rafael, que querem homenagear as gerações anteriores que se dedicaram à fabricação de calçado artesanal, contando a história da família. 
 

1904 é o ano do nascimento do sr. Adelino Rafael, mas é também o número da referência de um dos vários sapatos de homem da “Raízes”, apresentados na Quinta do Pinheiro, em Valado dos Frades. A nova marca da Rafaela Silva, empresa sediada na Benedita, foi criada pelos bisnetos de Adelino Rafael, que querem homenagear as gerações anteriores que se dedicaram à fabricação de calçado artesanal, contando a história da família. 

Para isso, as datas dos acontecimentos mais marcantes, como a construção da fábrica na Ribafria (1945) ou o nascimento de Lino Rafael (1957), atual administrador da empresa, são utilizadas nos números das referências das duas dezenas de sapatos e botas, fabricadas segundo o sistema Goodyear welt, na Benedita.

“Sem nunca perder a ligação à terra e à sua respetiva história, esta é já a 4.ª geração a operar nesta arte e indústria do calçado. Aliando a experiência à modernidade, ‘RAÍZES – With love and Tradition’, responde à  necessidade do mercado de calçado de alta qualidade para um público ativo e independente que gosta de cuidar da sua imagem e se apaixona pelo conforto e fiabilidade de um produto que combina tradição com modernidade”, descreve a jovem Sofia Serralheiro, que juntamente com o marido, Cláudio Matos, criaram a marca. “Ter uma marca própria era um sonho antigo, porque sendo uma fábrica de calçado que trabalha para várias marcas, faltava ter a nossa”, confessa a designer. 

A nova linha de calçado feminino e masculino, com modelos casuais e clássicos, é também caracterizada pelos “materiais de topo”, nas palavras dos criadores, nomeadamente pele natural de vaca e solas de couro. 

Por enquanto, a venda dos produtos da marca será realizada exclusivamente pela loja online (www.raizes.store). “Queremos estar seguros do passo que estamos a dar e, por isso, vamos começar pela venda online, até porque queremos captar clientes internacionais e esta via parece-nos o mais adequado para o efeito”, explica Cláudio Matos.

Os interessados poderão adquirir um par de botas ou de sapatos com o selo “Raízes” entre os 133,50 e os 178 euros, tendo de aguardar pela encomenda até 10 dias úteis, “uma vez que o calçado é sempre fabricado após o pedido de encomenda do cliente”, frisa a bisneta, neta e filha de sapateiros beneditenses. 

A Rafaela Silva, que funciona nas antigas instalações da extinta TAVE, onde a Adidas chegou a produzir as Stan Smith, exporta 85% da sua produção, maioritariamente centrada no calçado militar. A empresa produz ainda para várias marcas de moda nacionais. “Os nossos produtos têm como pilares a qualidade, o conforto e acima de tudo a singularidade: como se cada par de sapatos fosse o primeiro e o último. O par para toda a vida!”, descrevem os responsáveis pela marca 100% portuguesa e made in Benedita.

AD Footer
spot_img

Artigos Relacionados

Central-periférica abre portas em Alcobaça a artistas em situação de risco

Um dos edifícios do centro histórico de Alcobaça está a dar “teto” a artistas internacionais. É ali, mais...

Dois detidos por tentativa de furto a residência em Famalicão

O Comando Territorial de Leiria, através do Posto Territorial da Valado dos Frades, deteve esta terça-feira dois homens...

Futebol: Ginásio fica pelas meias-finais no Inatel

O Ginásio caiu nas meias-finais do taça nacional da Fundação Inatel. Os azuis soçobraram na deslocação ao reduto...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!