Sexta-feira, Julho 1, 2022
Sexta-feira, Julho 1, 2022

Quinta da Valinha reabre após remodelação

Data:

Partilhar artigo:

A Burinhosa está definitivamente no mapa. Depois do futsal, das Portas e do Encontro Nacional de Bicicletas Antigas… a Quinta da Valinha abriu as portas para ficar no álbum de casamentos, batizados, festas, reuniões empresariais, entre outros eventos. As obras de remodelação e adaptação foram realizadas nos últimos seis meses, tendo o equipamento sido inaugurado em junho.

A Burinhosa está definitivamente no mapa. Depois do futsal, das Portas e do Encontro Nacional de Bicicletas Antigas… a Quinta da Valinha abriu as portas para ficar no álbum de casamentos, batizados, festas, reuniões empresariais, entre outros eventos. As obras de remodelação e adaptação foram realizadas nos últimos seis meses, tendo o equipamento sido inaugurado em junho.

“O espaço precisava de intervenção e de conversão e apesar de o projeto ainda não estar finalizado já melhorámos e intervencionámos o que era imprescindível para acolher diversos eventos”, avança Osvaldo Duarte, que gere o negócio com o irmão, Diamantino Duarte.

Entre remodelações no telhado, no teto interior, no chão, a criação do bar e a instalação de energias LED e material antifogo, a Quinta da Valinha apresenta-se agora como mais uma oferta neste negócio de organização de eventos. “Temos a mais-valia do espaço envolvente. Tudo é único e faz da Quinta um local muito acolhedor”, defende o empreendedor. “Um amplo espaço disponível que proporciona aos nossos clientes a possibilidade de organizar uma panóplia de eventos”, acrescenta o irmão.

Com capacidade para receber 300 pessoas, a Quinta da Valinha dispõe de uma sala, que pode ser dividida em duas, uma piscina interior, vários jardins, um lago natural, uma capela, dois monumentos de homenagem aos resineiros. Está ainda prevista a ampliação para uma segunda sala, projetada para sala de copo de água, a reconversão de uma habitação para uma sala polivalente, que pode servir para os noivos e familiares pernoitarem, a ampliação do parque de estacionamento para 150 carros e ainda a instalação de painéis solares.

Numa área total de 1.000 metros quadrados de área coberta e 4.500 de jardim, a Quinta da Valinha estabaleceu parcerias com várias empresas, que asseguram o catering dos eventos. Sem adiantar o investimento total das recentes remodelações, Diamantino Duarte revela apenas que “o investimento não é só de agora, foi contínuo nos últimos anos”. “O projeto nasceu com o meu pai [Joaquim Duarte Coutinho], já organizámos vários eventos mas só no último ano decidimos abrir a quinta ao público para eventos”, frisa o gestor, a quem a “concorrência não assusta”. Com um novo conceito, a Quinta da Valinha promete colocar ainda mais a Burinhosa no mapa das festas. 

AD Footer
spot_img

Artigos Relacionados

Futsal: Uma década de “ouro” coroada com o 25.º título

O Sporting revalidou o título nacional, no passado sábado, depois de vencer o Benfica (4-3) no terceiro jogo...

Vai uma “jogatana” de padel?

Pode parecer estranho, mas esta história sobre o padel começa a ser contada por um treinador de... futsal....

A leste, algo de novo: o despertar dos impérios

Gostaria de estar mais otimista. Porém, os últimos desenvolvimentos à volta da  Guerra na Ucrânia não me permitem...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!