Sábado, Julho 13, 2024
Sábado, Julho 13, 2024

Aplicação de alcobacense recebe menção honrosa

Data:

Partilhar artigo:

O alcobacense João Valeriano conquistou a menção honrosa na classificação de melhor projeto com a aplicação SPIRO no concurso “Life Enablers”, cuja final decorreu a 8 de novembro, em Carcavelos.

O alcobacense João Valeriano conquistou a menção honrosa na classificação de melhor projeto com a aplicação SPIRO no concurso “Life Enablers”, cuja final decorreu a 8 de novembro, em Carcavelos.

A aplicação que o fisioterapeuta desenvolveu, em conjunto com farmacêutico João Durões, visa ajudar quem sofre de Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC), sendo um potencial auxílio aos cerca de 800 mil portugueses que sofrem daquela doença.

Região de Cister - Assine já!

O prémio, que confirma “que se trata de uma aplicação útil e de valor para os Doentes com DPOC e cuidadores”, foi entregue pela Takeda e pela Spark, parceiros da iniciativa da  “Life Enablers“, que pretende acelerar ideias que melhorem a qualidade de vida de doentes.

Embora a SPIRO não tenha arrecadado a principal distinção e os respetivos 4 mil euros de prémio – conquistada pelo projeto Monitorização da Tosse da EBIMed -, João Valeriano entende que “foi um importante pontapé de partida para as portas que agora se começam a abrir e uma força para continuar a trabalhar” no projeto. 

AD Footer

Artigos Relacionados

O Caminho da mudança

por vezes, pode parecer impossível mudar; mas isso acontece unicamente até “ser feito Teresa Radamanto Este mês apraz-me discutir a...

Obras de arte em pedra evocam Salgueiro Maia

As instalações da MVC – Portuguese Limestones serviram de palco a uma sentida homenagem a Salgueiro Maia, na...

Futebo de praia: Sótão goleia e mantém registo 100% vitorioso na elite

É certo que já tem presença confirmada, pelo segundo ano consecutivo, na fase decisiva da Divisão de Elite....

Futebol: U. Turquel volta às competições seniores da AF Leiria 14 anos depois

Em 2010, jogava-se num pelado em Turquel, e as infraestruturas não eram o que são hoje. A formação...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!