Quarta-feira, Julho 6, 2022
Quarta-feira, Julho 6, 2022

História de Óptica e Ourivesaria Martinho banhada a ouro

Data:

Partilhar artigo:

Se há “Casas com História” em Alcobaça a Óptica e Ourivesaria Martinho é uma delas. A ourivesaria nasceu pela mão de António Crisóstomo da Silva, na década de 1920, mas em janeiro de 1956 passou para a gestão de António Alves Ribeiro, pai de Martinho, que dá hoje nome à mais antiga ourivesaria da cidade.

Se há “Casas com História” em Alcobaça a Óptica e Ourivesaria Martinho é uma delas. A ourivesaria nasceu pela mão de António Crisóstomo da Silva, na década de 1920, mas em janeiro de 1956 passou para a gestão de António Alves Ribeiro, pai de Martinho, que dá hoje nome à mais antiga ourivesaria da cidade.

António Ribeiro era um apaixonado pelos relógios e tudo fez para seguir o sonho. Para fugir ao trabalho no campo com o pai, chegou, inclusivamente, a pagar a uma pessoa para trabalhar em seu lugar para, assim, continuar a explorar e a arranjar relógios. “Foi comprando relógios, montava-os e desmontava-os e foi percebendo que aquele trabalho dava dinheiro”, conta a filha Madalena Ribeiro, que tem gerido o negócio com o irmão Martinho. “Antigamente o relógio era um objeto muito valioso e ele sabia disso. Ia para a saída das missas na Benedita, no Vimeiro e em Turquel para recolher os relógios que precisavam de arranjo e depois de os arranjar voltava lá para os entregar”, conta. Um dos clientes de António Alves Ribeiro era o “Sr. Crisóstomo” e o proprietário da ourivesaria deixou-lhe a promessa de que “a ourivesaria havia de lhe ir parar às mãos”. E assim foi.

Não demorou muito até pai e filho virem de bicicleta de Turquel para Alcobaça diariamente para tomar a rédea do negócio dos relógios e, mais tarde, do ouro. Já com o negócio estabelecido, outro dos filhos tirou o curso de Ótica e até teve uma fábrica de relógios em Turquel. Quando o patriarca faleceu, em 1971, Martinho Ribeiro aguentou o negócio sozinho até o irmão mais novo ter regressado da tropa e ter acrescentado a ótica aos serviços da casa. Mais tarde, no início da década de 1980, o filho Venâncio dá o seu lugar a Madalena, que até então tinha trabalhado na Davo, a fábrica de relógios do irmão em Turquel.

Desde então, o espaço foi alvo de obras, dividindo a ótica e a ourivesaria em espaços distintos. Foi nessa data que a família decidiu trocar o nome de Ribeiro pelo “Martinho” na loja. “O Martinho foi o único filho que esteve desde o início com o meu pai. Além disso, havia muitas trocas de material nas entregas com a outra ourivesaria Ribeiro em Alcobaça. Assim, resolveu-se o problema”, explica, entre sorrisos, a empresária.

Nas últimas quatro décadas, a Óptica e Ourivesaria Martinho tem acompanhado as tendências, com milhares de peças à disposição do cliente. “Há 25 anos tínhamos as montras carregadas de ouro, porque havia o hábito de comprar. Hoje as modas e as tendências são outras”, realça.

A ótica acaba por ter hoje mais peso no volume de negócios do que a ourivesaria. E não é uma questão de poder económico. “Antigamente poupava-se para comprar um fio de ouro, hoje poupa-se para viajar. Os tempos mudaram e os hábitos de consumo também”, nota Madalena Ribeiro. Nesta casa, a proximidade com o cliente, que muitas vezes ali chega porque os pais ou os avós já o faziam,vale mesmo… ouro.

AD Footer
spot_img

Artigos Relacionados

Futebol: Ginásio fica pelas meias-finais no Inatel

O Ginásio caiu nas meias-finais do taça nacional da Fundação Inatel. Os azuis soçobraram na deslocação ao reduto...

Colisão entre motociclo e veículo ligeiro provoca um morto na Nazaré

Um homem, de nacionalidade inglesa, morreu esta segunda-feira na Nazaré, na sequência de uma colisão entre um motociclo...

Uma “tasca” em alta rotação movida a gasolina e… caracol

Costuma dizer-se que quem anda à velocidade do caracol não chega propriamente rápido ao destino. Mas, por paradoxal...

Jovem detido por furto a residência em São Martinho do Porto

Um jovem de 25 anos foi detido, no dia 29 de junho, por furto em interior de residência...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!