Quarta-feira, Julho 6, 2022
Quarta-feira, Julho 6, 2022

Pensão e restaurante Corações Unidos em risco de fechar

Data:

Partilhar artigo:

Uma vistoria da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) ditou o encerramento do restaurante dos Corações Unidos, a 26 de agosto. O mítico espaço do n.º 39 da Rua Frei António Brandão, que este ano completa 100
anos de atividade, está encerrado até que os problemas identificados sejam resolvidos e verificados após nova visita.

Uma vistoria da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) ditou o encerramento do restaurante dos Corações Unidos, a 26 de agosto. O mítico espaço do n.º 39 da Rua Frei António Brandão, que este ano completa 100
anos de atividade, está encerrado até que os problemas identificados sejam resolvidos e verificados após nova visita.

A mítica casa, conhecida por servir o tradicional frango na púcara, está em risco de fechar portas de vez.

“Não basta arranjar o que foi identificado. São necessárias obras estruturais, de fundo, de forma a mudar a casa”, lamenta Frank Laureano, que tomou a rédea do negócio dos pais, Bernardo Laureano e Noémia Martins Pereira, há cerca de quatro meses. “Terei de consultar arquitetos, designers, técnicos e consultores de várias áreas para pedir orçamentos e perceber o que está em causa e só depois terei condições para tomar uma decisão em relação ao futuro desta casa”, adiantou o empresário ao REGIÃO DE CISTER. “Não sei o que terei de fazer, nem como e não faço ideia de quanto tudo isto nos vai custar”, confessa.

A questão é que este será um processo “bastante demorado”, entre orçamentos, obras e financiamento, e enquanto isso “continua a haver ordenados e despesas por pagar, além da multa que chegará”, lembra Frank Laureano. Por enquanto, e até haver uma decisão final, a pensão continuará a funcionar e os seis funcionários continuarão a pegar ao serviço.

“Estávamos a ter um verão como não tínhamos há muito, mas assim vai ser muito difícil voltar a reabrir”, admite o empresário, esclarecendo que não será opção ficar com a pensão aberta e o restaurante fechado: “se a opção for fechar o restaurante porque não há condições para reabrir portas também encerramos a pensão”.

“Esta é uma casa muito antiga, sabemos que estruturalmente não tem as melhores condições. Obviamente que preferia ter uma parede de tijolo em vez de pedra, mas é o que existe e também por isso esta é uma casa peculiar e histórica em Alcobaça”, acrescenta o sócio-gerente do estabelecimento comercial.

A ASAE identificou diversos problemas na cozinha e no armazenamento do restaurante, proibindo, por exemplo, o armazenamento num lado do pátio e a cozinha do outro. “Ao fechar o pátio deixo de ter um dos elementos mais característicos da casa”, lamenta Frank Laureano, admitindo que, ainda assim, “essa será a única solução para resolver esse problema específico”.

O restaurante Corações Unidos é um dos mais antigos e tradicionais restaurantes da cidade de Alcobaça. Fundado em 1919, foi neste restaurante que nasceu o mais típico prato de Alcobaça: o Frango na Púcara. Foi também naquela pensão que várias personalidades ilustres ficaram alojadas ao longo da sua existência.

AD Footer
spot_img

Artigos Relacionados

Futebol: Ginásio fica pelas meias-finais no Inatel

O Ginásio caiu nas meias-finais do taça nacional da Fundação Inatel. Os azuis soçobraram na deslocação ao reduto...

Colisão entre motociclo e veículo ligeiro provoca um morto na Nazaré

Um homem, de nacionalidade inglesa, morreu esta segunda-feira na Nazaré, na sequência de uma colisão entre um motociclo...

Uma “tasca” em alta rotação movida a gasolina e… caracol

Costuma dizer-se que quem anda à velocidade do caracol não chega propriamente rápido ao destino. Mas, por paradoxal...

Jovem detido por furto a residência em São Martinho do Porto

Um jovem de 25 anos foi detido, no dia 29 de junho, por furto em interior de residência...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!