Quarta-feira, Julho 6, 2022
Quarta-feira, Julho 6, 2022

Dia de festa no Vimeiro reúne ex-presidentes de Junta

Data:

Partilhar artigo:

Foi um “dia histórico” no Vimeiro e por várias razões. Aproveitando a inauguração de quatro obras na aldeia, o presidente da Junta convidou todos os ex-presidentes da autarquia vivos para testemunharem a evolução da freguesia.

 

Foi um “dia histórico” no Vimeiro e por várias razões. Aproveitando a inauguração de quatro obras na aldeia, o presidente da Junta convidou todos os ex-presidentes da autarquia vivos para testemunharem a evolução da freguesia.

“Não sei se alguma vez houve algum evento no Vimeiro onde pudéssemos encontrar todos os ex-presidentes de Junta e fiz questão de convidá-los“, notou Daniel Subtil, enquanto olhava para Joaquim Custódio, António Mendes, Miguel Almeida, José Ramalho, José Fragoso e José Alexandre. O social-democrata, que está a cumprir uma década à frente da Junta do Vimeiro, aproveitou a festa da freguesia para apresentar à população e inaugurar a nova sede dos escuteiros, a nova sede da Junta, a cobertura da escola primária e o novo estaleiro da Junta.

“Todos os presidentes de Junta que passaram por esta casa tiveram uma preocupação em relação à sede de freguesia e todos foram adquirindo património”, lembrou Daniel Subtil, justificando as mudanças que têm acontecido no centro da aldeia. A sede da Junta do Vimeiro mudou-se para o edifício do outro lado da estrada, onde funcionava o Centro de Dia da Misericórdia do Vimeiro. 

Também o estaleiro da Junta passou do centro da aldeia, junto à sede de freguesia, para um armazém criado junto ao cemitério. “Foi um desencadear de obras que deram origem umas às outras”, explicou o presidente de Junta. O que explica também a nova “casa” dos Escuteiros, cedida pela Misericórdia ao segundo maior agrupamento do Oeste. 

“A sede de escuteiros foi demolida há quatro anos devido ao desenvolvimento da Misericórdia. O lar tinha de ser executado e os terrenos eram da Santa Casa. Ficar sem casa não foi coisa fácil e os escuteiros passaram um período adverso. Disponibilizámos, por isso, parte da cave do Centro de Saúde, mas não era suficiente, tendo agora a Santa Casa arranjado uma nova solução”, explicou Daniel Subtil. Também o chefe dos Escuteiros do Vimeiro, Paulo Carpinteiro, salientou que “finalmente há condições para o efetivo estar todo junto”. Além disso, foi ainda construída uma cobertura na EB1 do Vimeiro. “Para muitos é só uma cobertura, mas para quem lá passou e quem tem lá os filhos, sabe que os meninos ficavam ‘aprisionados’ dentro das salas de aula, porque não tinham condições de vir à rua em dias que tivesse a chover. A obra cria condições para eles terem o que merecem: uma melhor escola”, realçou.

Por sua vez, o presidente da Câmara de Alcobaça, Paulo Inácio, valorizar a “paciência” dos escuteiros, o “empenho” da Junta, a “colaboração” da Misericórdia e dos pais da escola, considerando que “o Vimeiro é uma terra pequenina, mas com um coração muito grande”.

AD Footer
spot_img

Artigos Relacionados

Futebol: Ginásio fica pelas meias-finais no Inatel

O Ginásio caiu nas meias-finais do taça nacional da Fundação Inatel. Os azuis soçobraram na deslocação ao reduto...

Colisão entre motociclo e veículo ligeiro provoca um morto na Nazaré

Um homem, de nacionalidade inglesa, morreu esta segunda-feira na Nazaré, na sequência de uma colisão entre um motociclo...

Uma “tasca” em alta rotação movida a gasolina e… caracol

Costuma dizer-se que quem anda à velocidade do caracol não chega propriamente rápido ao destino. Mas, por paradoxal...

Jovem detido por furto a residência em São Martinho do Porto

Um jovem de 25 anos foi detido, no dia 29 de junho, por furto em interior de residência...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!