Segunda-feira, Dezembro 5, 2022
Segunda-feira, Dezembro 5, 2022

Tribunal absolve mulher acusada de ter ateado fogo na Burinhosa

Data:

Partilhar artigo:

O Tribunal de Alcobaça absolveu, esta segunda-feira, a mulher acusada de ter incendiado um silvado, junto à sua casa na Burinhosa, cujo reacendimento terá contribuído para os incêndios de outubro de 2017 no Pinhal de Leiria.

O Tribunal de Alcobaça absolveu, esta segunda-feira, a mulher acusada de ter incendiado um silvado, junto à sua casa na Burinhosa, cujo reacendimento terá contribuído para os incêndios de outubro de 2017 no Pinhal de Leiria.

Lembrando os “problemas de saúde” e a “dificuldade em deslocar-se” da arguida, a juíza Ana Sofia Castelhano concluiu que, após a prova testemunhal, “não resulta provada a autoria do crime” que lhe foi imputado.

Região de Cister - Assine Já!

Fica, deste modo, por identificar os responsáveis que atearam o fogo num terreno baldio, do lado de fora da propriedade da mulher.

O  Ministério Público já tinha pedido a absolvição da única arguida do caso dos incêndios de outubro de 2017.

AD Footer

Artigos Relacionados

APFCAN reflorestou 200 hectares desde grande incêndio de 2017

A reflorestação da área florestal que se estende até ao mar nos concelhos de Alcobaça e Nazaré é...

Alunos da Escola D. Pedro I em projeto “Music and Sports” na Turquia

Ângelo Antanoa (9.ºC), Gonçalo Domingues (9.ºB), Simão Dias (9.ºC) e Simão Fernandes (9.ºA) foram os alunos da Escola...

Concerto de Toy levou um milhar de pessoas ao pavilhão dos Bombeiros da Benedita

O pavilhão dos Bombeiros da Benedita engalanou-se, na noite da passada sexta-feira, para receber o concerto de Toy....

HC Turquel aplica goleada e reafirma candidatura à subida de divisão

O HC Turquel goleou na receção ao HC Sintra (6-2), no passado sábado, e reafirmou a sua candidatura...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!