Domingo, Dezembro 4, 2022
Domingo, Dezembro 4, 2022

Covid-19: Hospital de Leiria passa a fazer análises de despiste

Data:

Partilhar artigo:

Desde esta quinta-feira que o Centro Hospitalar de Leiria (CHL) passou a fazer análises para despiste de infeções por Covid-19. As colheitas deixaram de ser enviadas para análises externas, até agora asseguradas pelo Centro Hospitalar Universitário de Coimbra.

Desde esta quinta-feira que o Centro Hospitalar de Leiria (CHL) passou a fazer análises para despiste de infeções por Covid-19. As colheitas deixaram de ser enviadas para análises externas, até agora asseguradas pelo Centro Hospitalar Universitário de Coimbra.

A medida, anunciada por comunicado por aquela unidade de saúde, “visa dar maior autonomia à instituição perante a evolução da epidemia no País”, sendo que o serviço passou a ser assegurado pelo Serviço de Patologia Clínica de Leiria.

Região de Cister - Assine Já!

Com análises efetuadas internamente, os resultados são mais rápidos, refere a mesma fonte, que garante um “prazo entre cinco a seis horas” para a obtenção de confirmações, o que permitirá “agilizar os procedimentos necessários para tratamento dos utentes”. Para isso, o Serviço de Patologia foi restruturado, tendo sido instalada uma segunda câmara de fluxo laminar, “de forma a salvaguardar a segurança dos colaboradores”.

O CHL anunciou ainda que a partir desta quinta-feira vai fazer a monitorização da temperatura corporal de colaboradores, utentes e acompanhantes. A medida enquadra-se num conjunto de procedimentos de rastreio da sintomatologia sugestiva da infeção por COVID-19, de forma a prevenir a transmissão e propagação do vírus, e abrange todas as pessoas que acedem aos edifícios do CHL, quer sejam colaboradores (internos, externos e trabalhadores ao serviço de empresas prestadoras de serviços), utentes e acompanhantes/cuidadores.

Esta medida abrange todas as pessoas que acedem aos edifícios do CHL, quer sejam colaboradores (internos, externos e trabalhadores ao serviço de empresas prestadoras de serviços), utentes e acompanhantes/cuidadores.

Em caso de temperatura igual ou superior a 38ºC, os funcionários e utentes serão encaminhados para a área de contingência pelo circuito exterior; já os acompanhantes e cuidadores ficarão com a visita suspensa e será entregue um folheto informativo com indicações de como deverão proceder.

O Centro Hospitalar relembra que os utentes “só deverão recorrer às urgências do hospital em situação realmente urgente”. Caso apresentem sintomas compatíveis com a infeção por coronavírus, as pessoas devem recorrer, em primeiro lugar, à assistência telefónica do SNS através do 808 24 24 24.

AD Footer

Artigos Relacionados

APFCAN reflorestou 200 hectares desde grande incêndio de 2017

A reflorestação da área florestal que se estende até ao mar nos concelhos de Alcobaça e Nazaré é...

Alunos da Escola D. Pedro I em projeto “Music and Sports” na Turquia

Ângelo Antanoa (9.ºC), Gonçalo Domingues (9.ºB), Simão Dias (9.ºC) e Simão Fernandes (9.ºA) foram os alunos da Escola...

Concerto de Toy levou um milhar de pessoas ao pavilhão dos Bombeiros da Benedita

O pavilhão dos Bombeiros da Benedita engalanou-se, na noite da passada sexta-feira, para receber o concerto de Toy....

HC Turquel aplica goleada e reafirma candidatura à subida de divisão

O HC Turquel goleou na receção ao HC Sintra (6-2), no passado sábado, e reafirmou a sua candidatura...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!