Terça-feira, Agosto 16, 2022
Terça-feira, Agosto 16, 2022

Atletismo: Cister SA aposta em nova modalidade

Data:

Partilhar artigo:

O Cister Sport de Alcobaça diversificou as suas actividades e juntou-se à equipa “Crossmates” para iniciar as modalidades de corrida de obstáculos no clube (OCR) e Trial no clube, passando a denominar-se Crossmates Cister SA. “Esta é uma aposta do clube, que assim pretender dinamizar a modalidade e apostar no desporto no concelho de Alcobaça”, explica o presidente do clube ao REGIÃO DE CISTER.

O Cister Sport de Alcobaça diversificou as suas actividades e juntou-se à equipa “Crossmates” para iniciar as modalidades de corrida de obstáculos no clube (OCR) e Trial no clube, passando a denominar-se Crossmates Cister SA. A apresentação do projeto foi realizada este sábado, na sede do clube.

“Esta é uma aposta do clube, que assim pretender dinamizar a modalidade e apostar no desporto no concelho de Alcobaça”, explica o presidente do clube ao REGIÃO DE CISTER.

“A modalidade OCR ainda não tem duma Federação própria, existindo a Associação OCR Portugal que é a organizadora destas provas no nosso país, mas é uma situação que a breve prazo pode ficar estabelecida”, prevê António Lorvão, sublinhando que com os 14 atletas da nova secção o clube passa a ser representado por cerca de 200 atletas.

Por outro lado, na vertente de Trail, estes atletas participaram em provas oficiais como atletas federados na Federação Portuguesa de Atletismo e da Associação Distrital de Atletismo de Leiria (ADAL).

Esta variante de atletismo realiza-se sobretudo entre percursos acidentados e entre terrenos e rios e o dirigente revela que o clube planeia realizar um evento da variante no concelho. “Está no ‘road map’ do clube realizar uma prova no concelho, que pode a título de exemplo recorrer aos rios da cidade assim como aos vários terrenos acidentados da região”, afirma.

O alcobacense nota que “o concelho tem capacidade para criar diversas modalidades”, alertando ainda para a “falta de infraestruturas na sede do concelho que permitam concretizar esta mesma aposta”.

Da mesma forma, o presidente do clube alcobacense mostra-se receoso do futuro desportivo e prevê dificuldades. “O andebol, assim como todas as outras modalidades, vão sentir o impacto da pandemia, por isso é necessário que também os patrocinadores, as famílias e a comunidade, nos ajudem a continuar a apostar na formação de jovens talentos, assim como no desenvolvimento das várias modalidades”, remata.

AD Footer
spot_img

Artigos Relacionados

Jovens participam em ações de sensibilização e limpeza de praias na Nazaré

Arranca, esta terça-feira, o projeto "A Praia é nossa. O responsável és tu!, da Câmara da Nazaré, integrado...

Alemão e grego dinamizam projeto com objetos de praia em Alcobaça

“Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se tranforma”. A célebre frase de Antoine Lavoisier pode...

Mirense Romano Saraiva soma conquistas no meio artístico

Aos 24 anos, Romano Saraiva divide a vida entre o ensino de Educação Visual e um projeto artístico...

UFAV cria bolsas de “Desporto para Todos” para apoiar situações de fragilidade social

A União das Freguesias de Alcobaça e Vestiaria (UFAV) tem em curso um projeto de apoio ao desporto...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!