Segunda-feira, Julho 4, 2022
Segunda-feira, Julho 4, 2022

De cantor de música pimba a presidente da Junta da Nazaré

Data:

Partilhar artigo:

O presidente da Junta da Nazaré é popular entre os nazarenos, como prova o facto de ter ganho duas eleições. Mas antes de ser autarca já João Formiga era bastante popular como… cantor pimba. O leitor pode não acreditar, mas em 1997, em pleno Mercado da Nazaré e com as peixeiras a aplaudir, “Tony Formiga” lançava o álbum “Sempre a cantar”, recheado de temas que, ainda hoje, são traulitados por alguns dos mais devotos fãs de um artista que, porém, se ficou pelo álbum de estreia.

O presidente da Junta da Nazaré é popular entre os nazarenos, como prova o facto de ter ganho duas eleições. Mas antes de ser autarca já João Formiga era bastante popular como… cantor pimba. O leitor pode não acreditar, mas em 1997, em pleno Mercado da Nazaré e com as peixeiras a aplaudir, “Tony Formiga” lançava o álbum “Sempre a cantar”, recheado de temas que, ainda hoje, são traulitados por alguns dos mais devotos fãs de um artista que, porém, se ficou pelo álbum de estreia.

Na década de 1990, João Formiga era proprietário de um bar na vila e começou a “fazer sessões de karaoke”, explica ao REGIÃO DE CISTER, revelando que os clientes elogiavam-lhe a voz. O sucesso foi crescendo e acabou por ser convidado por dois amigos do mundo da música para criar uma banda. Apesar dos vários convites para tocar pelo País, apenas aceitaram atuar no concelho. “Na Nazaré estávamos perante a nossa gente e a vida de músico era muito complicada”, sublinha o agora autarca, afirmando que “a experiência no estabelecimento deu algum conhecimento sobre o estilo de vida de quem toca um pouco por todo o País”. “Era uma vida muito ingrata, pois às vezes não havia descanso para dar um novo concerto numa terra completamente distante”, destaca ainda o nazareno, contando que recusou uma agenda semanal completamente lotada para se manter em casa.

Apesar de não ter atuado com o seu grupo, acabou por cantar ocasionalmente noutros grupos. “Ensaiávamos juntos uma ou duas vezes e depois atuava”, diz, contando uma história curiosa. “Numa dessas atuações as folhas onde tinha as letras voaram para o meio do público e como não as sabia de cor tive que improvisar no momento”, graceja o presidente da Junta, a quem nunca faltou um sorriso no palco. “Era um brincalhão e houve um concerto em que ninguém aplaudiu no final de uma música. Então desci até ao público para aplaudir sozinho”, conta, entre risos, notando que apesar de cantar música pimba, era um fã de rock. No entanto, a música acabou por ficar de parte e anos mais tarde integrou a política. 

Entre o palco de concerto e o “palco” da Junta, qual é que o atrai mais? “Sem dúvida o da Junta. Não sei o que o futuro vai ditar, mas este é um papel que me seduziu muito nos últimos anos”, afirma. “Gosto muito de ajudar as pessoas, de tentar criar melhores condições para a população e de lidar de perto com as pessoas, ou não tivesse sido eu músico”, brinca o socialista.

Filho de pai pescador e mãe peixeira, João Formiga cumpre o segundo mandato na Junta da Nazaré e sabe que regressar à música não voltará a ser uma opção. Já continuar a “atuar na vida política” é um cenário que lhe agrada. 

Pode ser que no futuro “Tony Formiga” volte a cantar, e se não acontecer, pode sempre voltar a ouvir os temas “Catarina e Fernanda” e “Há festa no salão”, que ficaram para a história e que a rádio local ainda faz questão de relembrar de tempos a tempos. Para gáudio dos fãs deste vulto da música pimba.

AD Footer
spot_img

Artigos Relacionados

Duas empresas de Alcobaça distinguidas como “Gazela 2021”

A construtora A.B. Inácio, LDA, sediada na Benedita, e a fabricante HC - Caixilharia LDA, localizada na Cela...

Aluno da Escola D. Pedro I conquistou 1.º prémio nas Olimpíadas da Cultura Clássica

António Maria Jorge, aluno da Escola Básica 2,3 D. Pedro I de Alcobaça, ganhou o 1.º prémio nas...

Futsal: Uma década de “ouro” coroada com o 25.º título

O Sporting revalidou o título nacional, no passado sábado, depois de vencer o Benfica (4-3) no terceiro jogo...

Vai uma “jogatana” de padel?

Pode parecer estranho, mas esta história sobre o padel começa a ser contada por um treinador de... futsal....

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!