Quinta-feira, Dezembro 1, 2022
Quinta-feira, Dezembro 1, 2022

Pandemia obrigou ao adiamento de 145 consultas e reduziu afluência às urgências em Alcobaça

Data:

Partilhar artigo:

Foram canceladas ou adiadas 145 consultas no Hospital de Alcobaça Bernardino Lopes de Oliveira (HABLO), entre os meses de março e maio, período referente ao confinamento em Portugal motivado pela pandemia de Covid-19. Já a afluência às urgências naquela unidade hospitalar caiu para menos metade.

Foram canceladas ou adiadas 145 consultas no Hospital de Alcobaça Bernardino Lopes de Oliveira (HABLO), entre os meses de março e maio, período referente ao confinamento em Portugal motivado pela pandemia de Covid-19. Já a afluência às urgências naquela unidade hospitalar caiu para menos metade.

De acordo com os dados revelados pela unidade hospitalar ao REGIÃO DE CISTER, o recolhimento obrigatório resultou numa diminuição de 5,3% das consultas face ao que seria expectável em 2020.

Região de Cister - Assine já!

No que respeita ao número de atendimentos realizados no serviço de urgência do HABLO, no período de março a julho do presente ano, verificaram-se 5.489 atendimentos face a 10.138 atendimentos no período homólogo de 2019. Deste modo, foi registada uma redução de 54% na afluência aos serviços de urgência em Alcobaça.

A pandemia provocou ainda alterações no funcionamento do HABLO. “Todo o hospital teve de ser reorganizado, quer em termos de espaços, quer em termos de processos”, revela fonte do Centro Hospitalar de Leiria, que integra o HABLO. Foram criadas áreas específicas para receber e tratar doentes Covid-19, que foram centralizados no Hospital de Santo André, ao nível de urgência e internamento, foi criada uma área de triagem provisória no exterior no Hospital de Santo André e foi ainda criada uma nova unidade de colheita laboratorial.

“Em termos de procedimentos, foram adotadas as medidas de proteção e prevenção de contágio, quer de doentes, quer de profissionais, foram suspensas as visitas e acompanhantes, entre outras medidas de extrema importância que nos permitiram lidar com esta situação de exceção”, acrescenta.

Até à data, o CHL procedeu à contratação de um total de 25 profissionais, com fundamento na resposta à pandemia: quatro técnicos superiores de diagnóstico e terapêutica (dois da área de radiologia e dois da área de Análises Clínicas e Saúde Pública) e 21 enfermeiros. Destes profissionais recentemente contratados, 23 permanecem em funções no CHL, que integra os hospitais de Leiria, Pombal e Alcobaça.

AD Footer

Artigos Relacionados

APFCAN reflorestou 200 hectares desde grande incêndio de 2017

A reflorestação da área florestal que se estende até ao mar nos concelhos de Alcobaça e Nazaré é...

Alunos da Escola D. Pedro I em projeto “Music and Sports” na Turquia

Ângelo Antanoa (9.ºC), Gonçalo Domingues (9.ºB), Simão Dias (9.ºC) e Simão Fernandes (9.ºA) foram os alunos da Escola...

Concerto de Toy levou um milhar de pessoas ao pavilhão dos Bombeiros da Benedita

O pavilhão dos Bombeiros da Benedita engalanou-se, na noite da passada sexta-feira, para receber o concerto de Toy....

HC Turquel aplica goleada e reafirma candidatura à subida de divisão

O HC Turquel goleou na receção ao HC Sintra (6-2), no passado sábado, e reafirmou a sua candidatura...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!