Sexta-feira, Junho 14, 2024
Sexta-feira, Junho 14, 2024

Luís Silvério & Filhos investe em tecnologia de ponta em Valado dos Frades

Data:

Partilhar artigo:

Ainda não arrancou a 100%, mas já está a funcionar a linha de inovação do grupo Luís Silvério & Filhos, que abriu uma nova unidade de produção na Área de Localização Empresarial de Valado dos Frades uma semana antes do confinamento decretado pela Covid-19.

Ainda não arrancou a 100%, mas já está a funcionar a linha de inovação do grupo Luís Silvério & Filhos, que abriu uma nova unidade de produção na Área de Localização Empresarial de Valado dos Frades uma semana antes do confinamento decretado pela Covid-19.

Foi, aliás, a pandemia que atrasou a entrada em funcionamento da linha inovação, que se destaca pela utilização de equipamento com tecnologia de ponta. “Temos uma máquina que permite cortar, a laser, porções de peixe todas com o mesmo peso”, exemplifica o administrador da empresa, Luís Silvério.

Região de Cister - Assine já!

Da unidade de Valado dos Frades, o peixe sai fresco, em doses, escalado e já com sal, “pronto para ir para as brasas”, explica o empresário. Destina-se a empresas de revenda, restaurantes e supermercados, o que significa que o consumidor final vai poder experimentar, a breve prazo, o pescado preparado no concelho da Nazaré.

As novas instalações, que criaram 30 postos de trabalho, representam um investimento de 16 milhões de euros (um dos maiores investimentos do Mar2020 a nível nacional) para a empresa que tem mais de 30 anos de presença no mercado. “Queríamos criar muitos mais postos de trabalho, mas com a pandemia tudo é uma incógnita”, admite o gestor, responsável por um total de 84 postos de trabalho entre as unidades da Nazaré, Valado dos Frades, Peniche e Lisboa.

Antes da linha inovação estar totalmente operacional, a unidade de Valado dos Frades está a fazer o trabalho que era desenvolvido na Nazaré, onde agora é efetuado o apoio à lota e as vendas a retalho, esclarece o gestor, que acredita que a nova linha poderá funcionar em pleno até final do ano.

Com uma capacidade de produção de 15 mil toneladas de peixe congelado, 10 mil toneladas de peixe refrigerado e 840 toneladas de peixe salgado ou seco, a nova unidade, de 9.500 metros quadrados, ainda não tem data de inauguração definida. Estava prevista para maio ou abril, com a presença do Presidente da República. Marcelo Recebelo de Sousa informou recentemente Luís Silvério que ainda não será no mês de outubro.

AD Footer

Artigos Relacionados

GNR apreende 334 artigos contrafeitos em São Martinho do Porto

O Posto Territorial da Guarda Nacional Republicana (GNR) de São Martinho do Porto apreendeu, esta quinta-feira, em São...

Reportagem do REGIÃO DE CISTER ganha prémio nacional

A reportagem “Tornaram-se autênticos heróis na arte de cuidar dos (seus) heróis”, da autoria do jornalista Rafael Raimundo,...

Menopausa

A negligência na nossa vida reprodutiva, que já agora, só é valorizada quando podemos ter filhos, é uma...

Nazareno Miguel Vieira é bicampeão nacional pelo Benfica

O Benfica sagrou-se bicampeão nacional de sub-15, no passado domingo, depois de vencer o Marítimo (2-1) e assegurar...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!