Terça-feira, Julho 5, 2022
Terça-feira, Julho 5, 2022

Academia Portuguesa da História premeia livro de alcobacense

Data:

Partilhar artigo:

O livro “Virgínia Victorino. Vida e Obra” do alcobacense Jorge Pereira de Sampaio foi premiado pela Academia Portuguesa da História.

O livro “Virgínia Victorino. Vida e Obra” do alcobacense Jorge Pereira de Sampaio foi premiado pela Academia Portuguesa da História.

A obra, lançada em 2019, venceu “ex-aequo” o Prémio Joaquim Veríssimo Serrão e vai receber uma verba no valor de 1.250 euros. A “exclusiva” lista composta por apenas nove galardoados foi divulgada na semana passada.

“Receber este prémio é a maior honraria que um historiador pode receber em Portugal porque leva o nome do professor Joaquim Veríssimo Serrão associado que foi durante décadas o presidente da Academia Portuguesa da História e é, para muitos de nós, o maior dos exemplos”, revelou Jorge Pereira de Sampaio ao REGIÃO DE CISTER. “No meu caso, acrescido pelo facto de contar desde os anos 90 com a sua amizade, nomeadamente em diversas ocasiões em que veio a Alcobaça fazer conferências a meu convite e, em 2001, apresentar o meu livro ‘Cem anos de comércio em Alcobaça’”, recorda o historiador.

A atribuição do galardão a esta obra tem para Jorge Pereira de Sampaio um “enorme significado”, uma vez que o alcobacense tem dedicado especial atenção à poetisa alcobacense Virgínia Vitorino ao longo das últimas duas décadas. “É de sublinhar o enorme significado de ter sido um prémio para um estudo sobre a Virgínia Victorino, a que me dedico há quase 30 anos, ela própria uma glória de Alcobaça nem sempre tão lembrada quanto devia”, acrescenta.

A cerimónia de entrega dos prémios acontece no dia 9 de dezembro, pelas 15 horas, no Palácio dos Lilases, em Lisboa, onde está instalada a Academia Portuguesa da História. Em virtude das atuais restrições, a sessão presencial será reservada aos premiados e doadores.

Em Alcobaça, Virgínia Vitorino foi recentemente homenageada com um painel de azulejos da autoria do CEERIA, Faria Borda e Paula Teresa, numa iniciativa da União de Freguesias de Alcobaça e Vestiaria e do Museu de Cerâmica de Alcobaça.

 

AD Footer
spot_img

Artigos Relacionados

Colisão entre motociclo e veículo ligeiro provoca um morto na Nazaré

Um homem, de nacionalidade inglesa, morreu esta segunda-feira na Nazaré, na sequência de uma colisão entre um motociclo...

Uma “tasca” em alta rotação movida a gasolina e… caracol

Costuma dizer-se que quem anda à velocidade do caracol não chega propriamente rápido ao destino. Mas, por paradoxal...

Jovem detido por furto a residência em São Martinho do Porto

Um jovem de 25 anos foi detido, no dia 29 de junho, por furto em interior de residência...

Duas empresas de Alcobaça distinguidas como “Gazela 2021”

A construtora A.B. Inácio, LDA, sediada na Benedita, e a fabricante HC - Caixilharia LDA, localizada na Cela...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!