Quarta-feira, Outubro 5, 2022
Quarta-feira, Outubro 5, 2022

Associação de Bem Estar de Pataias cria passeio pedonal e miradouro

Data:

Partilhar artigo:

A Associação de Bem Estar e Ocupação dos Tempos Livres (ABEOTL) de Pataias criou um passeio pedonal para os idosos poderem circular ao ar livre no espaço exterior da instituição. 

A Associação de Bem Estar e Ocupação dos Tempos Livres (ABEOTL) de Pataias criou um passeio pedonal para os idosos poderem circular ao ar livre no espaço exterior da instituição. 

Trata-se de um percurso com 500 metros de extensão, por entre pinheiros e o verde da natureza e com um miradouro a meio, no qual é possível apreciar a Lagoa de Pataias, com a qual a ABEOTL confina. O miradouro será, entretanto, dotado de mesas para permitir o convívio, assim que a situação epidemiológica o permitir.

Ao longo do passeio pedonal, com piso preparado para cadeiras e rodas e andarilhos, há vários bancos que possibilitam o descanso aos utentes, explica ao REGIÃO DE CISTER o presidente da Direção. “Vai ficar um espetáculo porque o local é um encanto”, considera António Caseiro.

O diretor esclarece ainda que a obra se insere num conjunto de melhoramentos nos edifícios da instituição, nomeadamente ao nível dos telhados e caleiras, que há vários anos já apresentavam problemas de escoamento das águas pluviais.

“Os telhados foram removidos e estão a ser colocadas telas isoladoras”, esclarece o presidente da Direção, que aponta para um investimento de cerca de 170 mil euros. “Queremos fazer uma inauguração para as entidades oficiais, com um almoço, mas não sabemos quando será possível”, desabafa António Caseiro.

Entretanto, serão colocados painéis fotovoltaicos para diminuir os gastos com o consumo de eletricidade, que atualmente representa um custo de três mil euros mensais para os cofres da associação.

Desde março que a instituição suspendeu a valência de centro de dia, tendo passado a entregar as refeições no domicílio dos utentes, uma situação decorrente do cenário de epidemia. “Não sabemos quando será possível reverter essa situação”, admite António Caseiro.

Na Associação trabalham 67 pessoas, que recebem formação no âmbito da Covid-19 com regularidade. Na valência de lar a lotação está completa com 36 idosos e, por precaução, as visitas encontram-se suspensas por tempo indeterminado.

Criada em 1984 para dar resposta à ocupação dos tempos livres das crianças, a Associação foi crescendo e aumentando a capacidade de resposta. 

Depois da valência da infância, surgiu o centro de dia para a terceira idade, seguindo-se o apoio domiciliário e o centro de atividades ocupacionais para apoio a pessoas com deficiência.

Mais recentemente, em 2013, foi criada a Estrutura Residencial Para Pessoas Idosas, mais conhecida por lar. A ABEOTL de Pataias é a IPSS da União de Freguesias de Pataias e Martingança com maior número de trabalhadores.

AD Footer

Artigos Relacionados

Rui Morais na administração do Teatro Nacional de São Carlos

Há um alcobacense na nova administração do Organismo de Produção Artística (Opart), que gere o Teatro Nacional de...

Amor de mãe replicado num café com mais de meio século

Estamos no Casal da Ponte. O Café da Anita é um referência na localidade da freguesia de Alfeizerão....

Enduro: David Guerra festeja conquista da Taça de Portugal

David Guerra (RÓÓDINHAS/Master Vantagem) venceu, este dia 24, a Taça de Portugal de enduro, no escalão M45, depois...

Empresas representam pedra da região em feira internacional do setor

Oito empresas dos concelhos de Alcobaça e de Porto de Mós do setor da pedra natural participaram, durante...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!