Quinta-feira, Fevereiro 9, 2023
Quinta-feira, Fevereiro 9, 2023

Requalificação da Casa dos Calados vai finalmente avançar

Data:

Partilhar artigo:

A recuperação da Casa dos Calados no Juncal vai finalmente avançar, 19 anos depois da aquisição do edifício por parte do município. A abertura do procedimento foi aprovada na última reunião de câmara de Porto de Mós.

A recuperação da Casa dos Calados no Juncal vai finalmente avançar, 19 anos depois da aquisição do edifício por parte do município. A abertura do procedimento foi aprovada na última reunião de câmara de Porto de Mós.

Após a apresentação do estudo, da aprovação do projeto de arquitetura, da execução de todas as especialidades e da aprovação em reunião de câmara, foi publicado esta quarta-feira no Diário da República o anúncio do lançamento do concurso público para a execução dos trabalhos, com um investimento previsto de 1,3 milhão de euros.

Região de Cister - Assine Já!

A autarquia contratou o projeto de reabilitação a um dos descendentes do antigo proprietário, o arquiteto Rafael Calado.

“Desta forma será devolvido à população do Juncal e em geral ao concelho de Porto de Mós, um espaço de memória que atualmente se apresenta muito degradado e que constitui um dos mais importantes testemunhos da afirmação socioeconómica da freguesia, nomeadamente a Real Fábrica do Juncal, ali fundada em 1770”, informa o município de Porto de Mós, em comunicado.

Além da ligação ao Parque Verde, a reabilitação do edifício albergará um conceito de residências artísticas, com inclusão de espaços cowork e aterliers para ofício, relacionados com a cerâmica e o junco. Serão recriadas atividades da antiga Real Fábrica do Juncal, bem como a realização de workshops que funcionarão em paralelo com uma biblioteca e um museu de louça e cerâmica. Está ainda prevista a construção de um laboratório alimentar no antigo lagar, para além de uma sala ampla no edifício principal, designado de Salão Nobre, onde eventos e solenidades poderão ser realizados.

O município considera ainda que este investimento, que “apresenta conceitos contemporâneos e inovadores, mas não perde de vista a preservação e identidade da Casa”, é uma “mais-valia” para toda a freguesia.

AD Footer

Artigos Relacionados

Três em um

#1 JANTAR DE AMIGOS Atualmente um jantar de amigos é algo que me põe nervoso. Há tanta coisa em questão...

José Inácio é o rosto do café que é “capital da imperial”

Corria o ano de 1968 quando José Inácio decidiu investir num estabelecimento no Silval. O nome dado ao...

Coleção de cerâmica projeta voz de Sónia Tavares

Uma peça de cerâmica pode ter várias formas, tamanhos e cores. E se lhe dissermos que também pode...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!