Atletismo: Valter Costa prova que nunca é tarde para correr

Valter Costa desafiou o ditado de que “velhos são os trapos” e mostrou que aos 26 anos ainda foi a tempo de começar uma carreira no atletismo. O atleta, natural de Fanhais, soma várias medalhas distritais de distâncias longas, mesmo depois de apenas se ter estrado em 2017.

“Fui competir na prova de 10 quilómetros de Pataias na desportiva, mas dei por mim no final da corrida a olhar para um cartaz da corrida do Farol, na Burinhosa, e a pensar que também me podia inscrever”, relembra Valter Costa ao REGIÃO DE CISTER. A partir daí, foi um ápice enquanto chegou ao GA Caranguejeira.

“Tinha um amigo que me desafiou a tentar federar-me e o clube propôs que fizesse uma prova em Pombal com um tempo mínimo para entrar na equipa”. O resultado pecou por 20 segundos, mas ainda assim o clube apostou no atleta e certamente não se arrependeu.

Nos últimos três anos, Valter Costa já conquistou cinco ouros, uma prata e dois bronzes nas provas distritais. “O ano passado acabou por ser o mais especial dado que alcancei quatro medalhas”, salienta Valter Costa.

Os bons resultados e a melhor marca distrital nos 10 mil metros, valeu-lhe representar o distrito e o País na prova “La Saint Maurienne”, na localidade de Saint-Maur-des-Fossés, em França, completando a prova na 2.ª posição

Mas a carreira desportiva do atleta de Fanhais é recheada de curiosidades. Nas peladas com os amigos jogava maioritariamente à baliza, posição na qual se corre menos, o que contraria as distâncias longas que agora corre. 

“É preciso muita resistência e espiríto de sacrifício. Por isso é que o meu dia começa às 8 horas para treinar e só acaba já às 3 horas da manhã depois de mais um turno na fábrica onde trabalho”, reitera o atleta, acrescentando que os próximos meses vão exigir um esforço suplementar. “Vou ser pai e vou ter de mudar as minhas rotinas, mas não pretendo deixar de correr e competir. Quem sabe se não consigo passar esta paixão ao meu filho”, brinca o atleta que treina na pista da Nazaré.

Há dois anos, Valter Costa foi o primeiro atleta do concelho a chegar à meta na emblemática Corrida da Nazaré que se realiza no verão, porém a organização não o conhecia e não deu destaque à sua chegada. Nos próximos tempos deverá ter mais visibilidade, até porque um dos objetivos é correr maratonas e meias-maratonas em distâncias longas.