Terça-feira, Agosto 9, 2022
Terça-feira, Agosto 9, 2022

Ori-btt: Uma família de ouro nas competições nacionais

Data:

Partilhar artigo:

A generalidade das famílias junta-se em casa ao fim de semana para conviverem e “matarem” saudades, mas a família Marques, de Turquel, costuma aproveitar os dias de sábado e domingo para se reunir à volta de uma mesa de campismo, frequentemente entre locais de prova de orientação. 

A generalidade das famílias junta-se em casa ao fim de semana para conviverem e “matarem” saudades, mas a família Marques, de Turquel, costuma aproveitar os dias de sábado e domingo para se reunir à volta de uma mesa de campismo, frequentemente entre locais de prova de orientação. 

Este dia 20, a família (Clube de Orientação do Centro/PMS Alumínios PVC) juntou-se na Figueira da Foz para o campeonato nacional de ori-btt, na vertente de sprint, e conquistou quatro títulos de campeões nacionais. 

Daniel Marques foi campeão nacional de elites, David Marques venceu o título no escalão H13 e Luísa Marques e Inácio Serralheiro triunfaram nos escalões D60 e H60, respetivamente. Daniel Marques foi o porta-voz da família turquelense e explica ao REGIÃO DE CISTER que a família se costuma reunir nas competições. 

“Como gostamos de caravanismo, costumamos ir para as provas nas nossas autocaravanas e é no recinto das competições que muitas vezes acabamos por nos encontrar ao fim de semana”, conta o turquelense, revelando que foi a primeira vez que a família somou quatro títulos nacionais nos mesmos dias de prova. 

A orientação é um “amor de família” e Daniel Marques é o mais consagrado. Mas, a mãe, Luísa Marques, e o tio, Inácio Serralheiro, já têm muita experiência nas provas, assim como o pai, Pedro Serralheiro, o irmão, Guilherme Marques, e o filho, David Marques. O menino, de 10 anos, deixou até o futebol do Beneditense para se dedicar à modalidade. 

“Este é o tipo de modalidade que permite a participação em família”, ressalva ainda o atleta, explicando que a existência de escalões permite uma exigência adequada à condição física de cada um. 

E se dúvidas há quanto ao futuro da família nas competições de orientação, o pequeno Pedro Marques já está a trabalhar para a sucessão na modalidade.

Com apenas 4 anos, o menino acompanha a família a todas as provas e já mostra habilidade para a modalidade. “Está sempre a querer competir e até já anda de bicicleta, mas como ainda não tem idade suficiente para participar está só a aprender”, nota o pai, Daniel Marques. Se sair aos “seus”, não se espera menos do que muitos títulos.

No próximo mês, realiza-se o campeonato nacional de distância média, em Barcelos, e também o campeonato nacional de distância longa, em Abrantes. A família Marques, sem surpresas, voltará a juntar-se para mais uma “reunião familiar”. 

A julgar pelos resultados obtidos em Figueira da Foz, adivinham-se mais títulos…em família.

 

AD Footer
spot_img

Artigos Relacionados

Cinco feridos após despiste de viatura que causou incêndio rural em Alfeizerão

Cinco pessoas ficaram feridas na sequência de um despiste de uma viatura, na tarde desta sexta-feira, na localidade...

Nazarena Raquel Libório eleita Best Face Teen Mundial 2022

Raquel Libório, natural da Nazaré, foi eleita Best Face Miss Teen Mundial 2022. A distinção da jovem nazarena, de...

Francesinhas à moda do Porto são a mais recente novidade em Turquel

O café/snack-bar “Mira-Serra”, em Turquel, tem um novo “sabor”. Tudo porque, há três meses, o espaço, agora com...

Atelier do Doce remodela casa para criar projeto inovador

A “casa” do Atelier do Doce tem estado em obras. Com a ampliação para mais 1.500 metros quadrados,...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!