Câmara recorre a apoio de emergência para pagar dívida

A Câmara da Nazaré vai recorrer ao apoio de emergência do governo para garantir o pagamento urgente de 18 milhões de euros até que o Fundo de Apoio Municipal (FAM) permita resolver a dívida total de 40 milhões de euros.

Walter Chicharro, presidente da Câmara da Nazaré, admite que o recurso ao FAM "pode ser a solução para a dívida" da autarquia, já que “não abundam sheiks árabes”, ironiza o autarca. A autarquia depara-se com “penhoras diárias” e serviços que “estão em risco de não darem resposta”, por falta de verbas.

Os municípios em situação de rutura financeira, impossibilitados de cumprir "pontualmente" as suas obrigações, podem recorrer a um auxílio de urgência, no âmbito da regulamentação do FAM, publicada em Diário da República, na passada segunda-feira.